Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. 
- Encontro Som de Qualidade em São Paulo/SP domingo  29/Maio/2022 *****

paulomarcel

Membro
  • Content Count

    329
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Everything posted by paulomarcel

  1. beleza, mas vamos dizer que tenha pelo menos 1000 watts rms a 4 ohms, diferente do 1k6 que talvez tenha os 600 rms a 4 ohms. e olhe, ficou muito bom mesmo.
  2. Comprei um sds de 15 800, tinha exatamente um stetsom 1k6es , era uma bos.ta . Troquei o stetsom por um taramps hd 1600 a 4 ohms, ficou excelente, recomendo e isso só tenho 60 ampères de bateria Enviado do meu iPad usando o Tapatalk
  3. primeira dúvida é o pq quando boto os parâmetros no winisd do 815, a caixa fica com apenas 32 litros, quando na grande maioria das vezes, as caixas aparecem com litragens grandes aí vamos reduzindo até o ideal. segundo : se realmente a caixa que tenho de 80 litros, que é recomendado pelo fabricante, mas por não ser tão funda (profundidade menor de 25cm e 35cm profundidade maior) vou perder no sub grave?
  4. estou precisando de ajuda pra montar uma caixa para o eros sds 815. insiro os parametros do falante no winisd e a caixa fica com 32 litros, o que tenho certesa que ta errado. no manual tem que a caixa deve ter 80 litros, inclusive tenho uma com 80 litros, so que mandei um e-mail para a eros e eles me respnderam que por a caixa ter 25cm de profundidade menor e 35cm de profundidade maior, eu nao irei ter subgrave. entao queria, se possivel, o arquivo do winisd ja pronto com a caixa simulada, ideal para o eros sds 815.
  5. 1k6 2 ohms ligado com o dobro da impedância. já tenho a um ano ou pouco mais. mdf 12mm.
  6. Minha caixa = 80cm largura, 40 de altura, 25profundidade menor, 35 profundidade maior e 12mm madeira. 2 dutos de 3'' por 20cm. 80 litros, ligados num 1k6es a 4 ohms. 60 ampères bateria e cabo 20 mm. Não gostei, muito fraco. questo de 15'' Enviado do meu iPad usando o Tapatalk
  7. 815 sds Enviado do meu iPad usando o Tapatalk
  8. Ta valendo, mais barata que usina de 60 e overloud de 70 Enviado do meu iPad usando o Tapatalk
  9. se fosse fonte JFA não tinha ferrado as baterias, pra mim as jfa são uma das poucas que não danificam bateria
  10. retirado do clube peugeot Bom galera, frente a todas as dúvidas quanto a regulagem de amplificadores e todos os riscos que isso leva vou tentar expor pra vocês o pouco que sei. Porque o amplificador precisa de uma regulagem minuciosa? O amplificador nada mais é que um elevador de corrente, ou seja, ele pega ali um determinado sinal e aumenta sua amplitude em tantas vezes. Se o sinal é baixo, você regula o amplificador pra ele aumentar X vezes o sinal, assim ele entrega a potência "máxima saudável" (Vou chamar de 'máxima saudável" depois explico o porquê). O problema é que quando você injeta um sinal mais forte, digamos, uma musica "remixada" ou algo parecido, normalmente ela já vem com uma amplitude maior... Chega no amplificador, aumenta o mesmo X de vezes, e acaba estrapolando a potência "máxima saudável". Potência máxima saudável Bom, um amplificador não se deve especificar a potência e somente. Ele deve mostrar a que frequência ela foi aferida e a distorção que foi medida. Um amplificador pode muito bem enviar 20% a mais do que o especificado, porém com distorção bem alta. O ideal é que a potência máxima seja especificada com distorção não maior que 1%, porém é de costume os fabricantes informarem a potência máxima com 10% de distorção e aferidos com uma senoide de 1kHz. Enfim a potência máxima saudável é aquela com a distorção não maior que 1~2% Mas calma aí Breno, como vamos saber a porcentagem de distorção? Pois é, isso só medindo em osciloscópio. Como somos meros mortais, teremos que confiar nos fabricantes dos amplificadores e regular o módulo pra entregar menos potência do que o máximo. Não tanto... só uma margem de segurança. Distorção Distorção é o nome que se dá à onde ceifada, ou cortada, clipada, etc. Por que ela acontece? Quando aumentamos o ganho no amplificador e ele não consegue fornecer toda a energia necessária pra formar a onda completa, ou seja, redonda. Esse limite é físico, do próprio projeto do amplificador, mas pode ser antecipado por falta de corrente, ou de tensão por causa da alimentação do amplificador, ou seja, bateria subdimensionada ou cabos subdimensionados pro amplificador. Ilustrando, como seria uma onda senoidal perfeita: Uma onda distorcida, ceifada: Sim... isso é o som que escutamos depois de reproduzido pelos falantes, claro... um montão delas! E como isso aí afeta nossos alto falantes? Bom, alto falante é um conjunto de imã e bobina, bobina é um "carretel" de fio enrolado, são isolados com esmalte pra não se encostarem, pelos fios passa o sinal amplificado, que induz um campo magnético ora pra um lado, ora pro outro ( por isso a onda... ora negativa, ora positiva ). A distorção é um trecho da onda que a corrente fica constante... ou seja, contínua. Passa uma corrente alta (o topo) por um tempo maior do que o ideal. Isso esquenta a bobina, derrete o tal esmalte que isola os fios, e queima a bobina Além de ser bem incômodo aos ouvidos! Desembucha, Breno! Como regula?!?! Primeiramente, é uma forma alternativa de regulagem, o ideal mesmo era acertar com um osciloscópio, mas como não temos, vai dessa forma mesmo que é melhor que "no ouvido". Vamos lá! Você precisa ter em mãos um multímetro! Coloque ele na posição para medir tensão alternada, os símbolos podem ser "V~" ou escrito "VAC" ou "ACV" coloque a escala: 20V caso a saída do módulo tenha até 90W 50V caso a saída do módulo tenha até 500W 100V caso a saída do módulo tenha até 2000W Caso o seu multímetro não tenha a escala em questão, use a logo acima. O meu por exemplo só tem 200V e 2000V Deixe o "Loud" ou "Loudness" desligado no seu player, deixe o crossover todo em flat. Deixe o ganho do amplificador no mínimo possível. Se for canal do subwoofer, bote esse tom pra tocar: http://www.4shared.c...oide_60hz.html? Se for canal do kit 2 vias, ou outro drive de agudos, use esse: http://www.4shared.c...oide_1kHz.html? Atenção: Se o seu multímetro não for TRUE RMS (vem escrito nele quando é!) use uma senoide de 60Hz pra regular TAMBÉM o kit 2 vias e descarte a senoide de 1kHz. Agora deixe o volume do player em um valor que você nunca vai chegar. Digamos, 27, assim, nunca passe do 25!... Nem bêbado. Agora vá pro módulo, espete as pontas do multímetro (bem firme) nas saídas do canal que você vai mexer no ganho. Se for módulo de 4 canais, geralmente tem 2 potenciômetros de ganho, 1 pra cada par de canal ( frontal e traseiro ) Vá aumentando o ganho e verificando a voltagem medida no multímetro. A seguinte conta deve ser feita antes de fazer a regulagem: P = U^2 / R P = Potência a qual você deseja que o amplificador entregue. Pode ser a máxima que o amplificador diz entregar, ou a máxima que o falante aguentar. Exemplo1: temos um amplificador que entrega 200W na saída bridge, pra tocar um sub de 200W. Assim escolha o numero 190 (lembra daquela margem de erro pra menos?). Exemplo2: Temos um amplificador que entrega 90W em cada canal pra tocar um kit que indica 60W cada canal. Escolha o numero 50. U= é tensão que você deverá atingir e não deverá ultrapassar, medida no seu multímetro. R= a impedância em ohms do seu alto falante. Vamos ao exemplo de regulagem: 1 - Queremos regular um subwoofer, a saída do módulo é de 200W e o sub de 200W. Pegamos P = 190. O subwoofer é bobina simples de 4 ohms, pegamos R=4 A tensão desejada deverá ser de: 28,3V. Assim aumentaremos o ganho do canal do subwoofer até marcar 28,3V no multímetro, nesse momento saberemos que o subwoofer estará recebendo 190W de potência. 2 - Estou regulando meu kit 2 vias, e começou a marcar 10V e sinto que o kit está no limite, mais que isso começo a ouvir distorção, quanto é a potência que está sendo entregue a ele? Impedância de 4 Ohms. P = 10 ^ 2 / 4 .... P = 25W. Lembrando que é sempre bom ficar de olho nos limites dos falantes. Um subwoofer em uma caixa dutada, pode ter um limite de potência menor devido ao deslocamento excessivo do cone, quando perceber que o sub tá indo e voltando mais que o normal ( as vezes pode fazer um barulho de borracha ) volte o ganho e diminua a potência. Um kit duas vias também pode aguentar menos que o indicado, então não tente mandar todo o máximo que o fabricante diz. Lembrando1: Nunca mais passe do volume escolhido no player. Lembrando2: A função "Loud" existe para reforçar os graves e médios a baixo volume, caso queira aumentar, desligue essas funções ou mandará mais potência do que o regulado. Lembrando3: Caso tenha necessidade de regular o crossover do player aumentando agudos ou graves, lembre-se de medir novamente a tensão da saída do módulo e diminuir o ganho pra não exceder a potência máxima. Mesmo para os "bassboost" dos módulos de subwoofer. Agora, Uma curiosidade: Um certo consumidor entrou em contato com a fabricante do módulo reclamando que o seu módulo de 2500W não entregava mais que 1800W ( não me lembro muito bem dos valores mais era algo próximo a isso ). Acusando a marca, que por sua vez batia o pé dizendo que o amplificador enviava todos os 2500W ditos no manual, após discussão, um técnico da marca foi ao encontro do consumidor, munido de equipamentos de medição precisos pra aferir o problema, e realmente, o módulo entregava no máximo os 1800W a distorção aceitável... Quando o som na entrada era grave, ou seja, por volta de 60Hz... E quando medido com sinal de 1kHz ele entregava todos os 2500W. Ta aí um problema de medição, o módulo de 2500W, claramente pra tocar subwoofers, especificado a uma frequência que não é de trabalho de um subwoofer, que toca até 150~180Hz. Nota: Essa história é verídica e os valores são próximos aos apresentados. Bom galera, o tutorial ficou meio longo, pode ter ficado confuso, é o meu primeiro, mas estou disposto a tirar todas as duvidas que eu conseguir, e as que eu não souber eu corro atrás! Abraços!
  11. comprei a de 70 amperes, achei muito no preço levando em consideraçao as fontes JFA sao muito boas
  12. novas fontes JFA de 40 e 70 amperes, alguem ja testou ? sabem onde tem pra vender ? http://www.jfaeletro...to_fonte40a.htm http://www.jfaeletro...to_fonte70a.htm

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...