Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. 
- Campeonato SQ Excperience - Garagem 55 - Móoca - São Paulo/SP - domingo 26/Novembro/2023 *****

All Activity

This stream auto-updates     

  1. Yesterday
  2. A BYD está preparando mais um lançamento para completar o portfólio da sua marca de SUVs de luxo, a Feng Cheng Bao, lançada em 2023. Primeiro veio o Bao 5, de médio porte, em seguida foi a vez do maior Bao 8, agora a montadora lançará o Bao 3. As primeiras imagens divulgadas oficialmente mostram um SUV compacto com pinta de aventureiro, com caixa de rodas mais largas e um tradicional estepe na traseira, esse que deverá ser um opcional, já que não aparece nos três veículos fotografados. Relacionadas NotíciasSubmarca da BYD, FangChengBao anuncia três novos modelos na China21 abr 2024 - 17h04 Carros elétricosLonga Duração: BYD Dolphin cumpre o primeiro teste e ganha carregador3 jun 2024 - 14h06 NotíciasNova plataforma da BYD entrega consumo de moto para híbridos plug-in29 Maio 2024 - 14h05 Apesar da proposta, alguns detalhes, como as luzes e faróis de LED mais finos, dão um aspecto mais moderno ao SUV, que deve medir aproximadamente 4,60 m de comprimento e 2,75 m de entre-eixos. A camuflagem ainda pesada das fotos de divulgação não nos deixam ter uma visão clara de como será o Bao 3, mas cada um dos três modelos têm uma cor principal: vermelho, amarelo e azul. Segundo a Car News China, essas serão as três cores disponíveis para o modelo. Fang Cheng Bao 3Fang Cheng Bao/DivulgaçãoAinda não há imagens do interior, mas vazamentos revelados pelo site chinês Autohome mostram um painel com uma tela central bem grande e um quadro de instrumentos digital. No console central, há uma manopla para o câmbio e alguns interruptores, todos de metal. Sobre a motorização, ainda não há muitos detalhes. A Car News China afirma que o Bao 3 rodará na plataforma DMO (Dual-Mode Off Road) da BYD, que geralmente é combinada com um trem de força elétrico. Entretanto, existe a possibilidade de ele ter pelo menos uma versão híbrida plug-in. Fang Cheng Bao 3Fang Cheng Bao/DivulgaçãoNesse caso, o mais provável é que ele seja equipado com motor 1.5 turbo de 197 cv, que funciona na maior parte do tempo como um gerador, e só traciona em caso a bateria descarregue totalmente ou aconteça algum problema que faça os motores elétricos pararem de funcionar. Continua após a publicidade Acoplado ao 1.5 há um motor elétrico de 272 cv que traciona as rodas dianteiras. O eixo traseiro é tracionado por um segundo motor elétrico de 387 cv. Ao todo, são 686 cv e 77,5 kgfm de potência e torque combinados. Fang Cheng Bao 3Fang Cheng Bao/DivulgaçãoNo Bao 5, o sistema é alimentado por uma bateria Blade de 31,8 kWh, que garante 125 km de autonomia elétrica. O alcance combinado pode chegar aos 1.200 km. Porém, por ser um modelo mais compacto, existe a possibilidade do Bao 3 ter uma bateria ligeiramente menor. Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram No Brasil, a marca Feng Cheng Bao estreia em 2025 e seus modelos serão vendidos em concessionárias a parte dos modelos BYD, junto com a Denza, outra marca mais luxuosa da montadora chinesa. Até agora, o Bao 5 é o único confirmado, mas nada impede que o seu ‘irmão’ menor chegue mais tarde para aumentar a oferta de modelos da marca. Publicidade View the full article
  3. ESTRANHO AUDIO PARTS - Use o cupom de desconto RAYLLAN5 e compre direto da fabrica https://loja.estranhoaudioparts.com.br Meu facebook https://www.facebook.com/rayllansom/ Para comprar produtos online segue o link para compra AMAZON https://amzn.to/3B5gXlb Shopee https://shope.ee/apjpxVjd Ja conhece meu canal no youtube https://www.youtube.com/c/RAYLLANSOM Hashtags: dinheiro som somautomotivo nubank carro viagem bradesco rayllansom caixaeconomica audio financiamento banco vendas negocios Volkswagen Fiat Toyota Hyundai GM JEEP RENAULT HONDA NISSAN PEUGEOT CITROEN BMW BYD MITSUBISHI PORSCHE FORD Seja membro deste canal e ganhe beneficios: https://www.youtube.com/channel/UCg0mdazek-we xML7cHrr1g/join O seu canal de Som Automotivo /nordeste. Nao esqueca de deixar seu LIKE e de se INSCREVER-SE para continuarem atualizados e ajudar nossa familia crescer. Instagram TikTok kwai e Facebookr rayllansom GRUPO TELEGRAM LINK DO GRUPO--- https://t.me/joinchat/HAimD4-0PoXFuQz1 Memes Som dos INSCRITOS 437 - CAIXA TRIO - CAIXA BOB - RAYLLAN SOM somautomotivo View the full article
  4. Essa é a avaliação dos nossos clientes! Você também tem um equipamento Audiophonic por aí? Conte aqui nos comentários a sua experiência também! #audiophonic #sub #som #carro #somautomotivo #sound #carros #carrosbaixos #bas #sensation #need #club #htech #music #top #distribuição #somtop #sotocatop #tocamuito #audiodeemoção #audioemhd #somdequalidade #qualidade #somhd #kit #coaxial #kitduasvias Veja artigo original
  5. Ruído horrível ao ligar o motor. Troca do kit do rolamento tensor da correia poli v e rolamento de apoio. Peças de primeira linha e o motor volta ao silêncio que era. #spportcarbrautomotive ... #scbrautomotive #oficinavilacarrao #oficinamecanica #oficinamecanicavilacarrão #toyotaestima #mecanicaautomotiva #motorbmw #bmwx1 #bmwx1club Siga 👉🏻 @scbrautomotive View the full article
  6. O Mitsubishi Eclipse Cross Rush nasceu como uma série especial, com o propósito de ter preço atraente para vender mais. Ele chegou por R$ 169.990, ou seja, é um SUV médio mais barato que as versões de topo dos SUVs compactos. Para o mês de junho, há um preço promocional de R$ 164.990. Por essa pegada, a marca disse que ele fez tanto sucesso que acabou virando a versão oficial de entrada do Eclipse Cross, no lugar da antiga GLS. Porém, nada é de graça: o modelo passa por uma dieta de equipamentos pra poder chegar a esse preço, já que a versão HPE, que fica imediatamente acima, custa R$ 185.990. Ou seja, R$ 16.000 a mais – ou R$ 21.000, no valor promocional. Relacionadas Carros usadosMitsubishi ASX é SUV com tração 4×4 a partir de R$ 50.0004 Maio 2024 - 19h05 NotíciasInvestimento de R$ 4 bilhões pode garantir nova Mitsubishi L200 nacional4 abr 2024 - 16h04 NotíciasCaoa Chery Tiggo 7: preço, versões e equipamentos do SUV14 mar 2024 - 18h03 Os cortes de custos começam já do lado de fora, mas só aquele vizinho mais atento notará, já que o SUV não tem cara de versão básica – desde que os faróis estejam apagados. No Rush, eles são halógenos e não têm acendimento automático. Também não há faróis de neblina. O que fica é a iluminação diurna, assinatura e indicadores de direção em led, nas peças superiores. Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasDe lado, as rodas são as mesmas das outras versões, com 18 polegadas, pneus 225/55, mas pintadas em cinza – nas demais, são diamantadas. Os apliques dos para-lamas são na cor do carro, enquanto nas demais versões é em preto (fosco e brilhante, dependendo da configuração). Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram Na traseira as lanternas mantêm iluminação em led, mas há uma derrapada em equipamento: ele tem câmera de ré, mas não tem sensores de estacionamento. Continua após a publicidade Interior (ainda) mais simples O Eclipse Cross escancara sua simplicidade no interior – e nem é uma exclusividade do Rush, já que todas têm o mesmo acabamento, a mesma central multimídia e o mesmo quadro de instrumentos. Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasO acabamento é até suficiente, mas poderia ser melhor. Segue bem o padrão de carros japoneses de uma geração atrás, sem inovações, com botões simples, grandes e boa ergonomia. O painel é todo em preto, com a porção superior em material emborrachado e a inferior com uma mistura de texturas. Há preto fosco, preto brilhante e uma duvidosa imitação de fibra de carbono em arremates. Seguindo a simplicidade, o quadro de instrumentos é analógico. Até há uma tela colorida ao centro, mas com informações tão reduzidas (hora, trip, hodômetro, consumo e autonomia) que sequer a velocidade é apresentada ali. É preciso ficar de olho mesmo nos ponteiros. Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasA central multimídia é da JBL, com 7 polegadas e Android Auto e Apple Carplay, mas só via cabo. Assim como o quadro de instrumentos, a multimídia tem funcionamento limitado, com poucas informações ou configurações disponíveis, além de um layout defasado que parece ser um acessório aftermarket. Além do que já foi falado, a lista de equipamentos não se estende tanto. Há ainda ar-condicionado digital de uma zona, piloto automático, assistente de partida em rampas, monitoramento da pressão dos pneus, regulagem de altura do facho dos faróis e sete airbags. Continua após a publicidade Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasSobre o que o modelo não tem ou perde em relação às demais versões: faróis de led, faróis automáticos, faróis de neblina, sensores de estacionamento, entradas USB C, carregador de celular por indução, quadro de instrumentos digital e conectividade sem fio. Não há chave presencial, o Eclipse Cross Rush tem chave comum (não é, sequer, canivete), o freio de estacionamento é comum (não é eletrônico), e não há qualquer item de ADAS, como frenagem automática de emergência, piloto automático adaptativo, alerta de pontos cegos, alerta de saída de faixa, entre outros. Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasEspaço é bom Por ser um SUV médio, o Eclipse Cross vai bem quando o assunto é espaço. Para ocupantes de até cerca de 1,75 metro há boa acomodação na traseira, especialmente para as pernas. Um problema aparece pela altura do banco traseiro em relação aos dianteiros, que é um pouco além do comum e pode fazer com que a cabeça de pessoas mais altas raspe no teto. Ficam faltando mimos como portas USB e saídas de ar-condicionado mais diretas, já que há uma tomada de 12 volts e saídas de ar por dutos instalados no assoalho, abaixo dos bancos dianteiros. Não são as melhores soluções. Carroceria de SUV cupê acomoda bem os ocupantes, mas sacrifica o espaço destinado à bagagemFernando Pires/Quatro RodasNo porta-malas, são 473 litros, mais do que os 440 litros do Toyota Corolla Cross e menos que os 476 litros do Jeep Compass. Entre os SUVs compactos, quem mais se aproxima é o Renault Duster, com 475 litros. Continua após a publicidade Conjunto mecânico eficiente O Eclipse Cross Rush tem o mesmo motor das demais versões, ou seja, um 1.5 turbo a gasolina de 165 cv e 25,5 kgfm, abastecido apenas a gasolina. O câmbio é automático do tipo CVT com oito marchas simuladas. Essa versão, assim como as duas acima dela, tem tração 4×2. Apenas a topo de linha, HPE-S AWC, de R$ 214.990, tem tração 4×4. Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasÉ preciso dizer, porém, que não ter tração 4×4 não é um demérito do SUV. Pelo contrário. Considerando o uso majoritariamente urbano para todas as suas versões, a tração nas quatro rodas mais atrapalha do que ajuda, já que deixa o carro mais pesado e “amarrado” na condução. O Rush tem dirigibilidade bastante agradável, até ágil. No 4×4, há um peso maior e desnecessário. Voltando ao Rush, os ajustes de direção e suspensão ficam voltados ao conforto, com boa condução e absorção de impactos em locais mais acidentados. Ao mesmo tempo, há ajustes mais firmes que garantem boa estabilidade e não deixam o carro parecer “molenga”. Versões mais completas têm radar para ACC e câmera frontal, cujos espaços ficam inutilizados na versão RushFernando Pires/Quatro RodasAlém disso, ele mostra que é um carro robusto e de construção sólida, com pouca torção de carroceria e uma solidez nítida ao rodar. O único porém fica para a posição do banco do motorista, um pouco alta demais. A posição de dirigir nem é tão problemática, lembra a de uma minivan, mas causa estranheza e uma sensação de vulnerabilidade já que o motorista fica elevado em relação à janela. Continua após a publicidade Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasNo desempenho, a Mitsubishi declara que o Eclipse Cross vai de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos em todas as versões – embora seja nítida a diferença nas acelerações para a versão 4×4. Nas 4×2, o modelo desenvolve melhor e o câmbio parece não fazer tanto esforço. É um bom desempenho, mas é mais lento que um Compass 1.3 turbo, que tem seus 185 cv, e faz a aceleração em 9,8 segundos com gasolina, segundo a Jeep. O consumo é bom, mas nada tão surpreendente. Segundo as medições feitas junto ao Inmetro, o Rush faz 10,9 km/l na cidade e 11,9 km/l na estrada. Junto ao tanque de 63 litros há uma boa autonomia. Mitsubishi Eclipse Cross RushFernando Pires/Quatro RodasVeredicto Por R$ 164.990, o Eclipse Cross Rush parece ter um bom-custo benefício diante de Tracker, HR-V e Renegade, que podem custar mais do que isso e são SUVs compactos, enquanto o Eclipse é um SUV médio, maior. Mas a análise precisa ir além disso, porque também há o Caoa Chery Tiggo 7 Sport por R$ 134.990, e também é médio, e bem mais equipado que o Eclipse Cross. Por aqui você tem um carro super confiável, robusto, confortável e que vai te diferenciar no trânsito. Mas ele deve muito em equipamentos, é um carro com cortes muito sérios pra essa categoria. E, aí, você pode levar para casa SUVs compactos mais equipados ou até os dois concorrentes médios ditos acima, que também são mais equipados. Publicidade View the full article
  7. Um Modulo Amplificador bruto e poderoso Com a forca qualidade e nitidez que seu sistema de som precisa. Venha conferir mais detalhes do T 9.000 Chipeo em nosso quadro de Unboxing Taramps. taramps audiocar caraudio amplificador audio sound soundcar song somautomotivo sompotente View the full article
  8. Huawei e Chery se juntaram novamente para aumentar sua gama de modelos. Batizado de Luxeed R7, esse é o segundo modelo da submarca e será o primeiro SUV cupê da Huawei, que atua no mercado de automóveis chinês por meio da HIMA, uma aliança que também inclui carros fabricados por Seres, BAIC e JAC, além da Chery. Relacionadas Carros elétricosJAC se junta com Huawei para rivalizar com a Rolls-Royce6 jun 2024 - 07h06 Carros elétricosStelato S9 é o sedã da Huawei que quer enfrentar até o Mercedes Classe S28 abr 2024 - 14h04 Carros elétricosChery se une à Huawei para lançar carro elétrico rival do Tesla Model 37 ago 2023 - 18h08 Apresentado pelo diretor administrativo da Huawei e presidente da unidade de negócios e soluções de veículos inteligentes, Richard Yu, o Luxeed R7 aposta no cimento da carroceria para ter estilo mais esportivo que um SUV convencional. Há, porém, algumas semelhanças com o Tesla Model X, principalmente, em sua silhueta. <span class="hidden">–</span>Divulgação/CherySegundo Yu, “com as tecnologias inteligentes da Huawei, o Luxeed R7 supera as marcas tradicionais de carros de luxo em termos de excelência de produto”. Entre essas tecnologias está o sistema de assistência ao motorista chamado Qiankun ADS 3.0 que funciona com a ajuda de câmeras, radares 4D de ondas milimétricas e LiDARs, além do sistema de controle de chassi em tempo real e a interface eletrônica que roda o HarmonyOS, também da Huawei. Continua após a publicidade O Luxeed R7 tem 4,95 m de comprimento, 1,98 m de largura, 1,63 m de altura e entre-eixos de 2,95 m. Sua arquitetura elétrica é de 800 V e há versões com apenas um motor de 290 cv e outra com dois motores, com 492 cv e extensor de autonomia. As baterias não foram detalhadas, mas fala-se em autonomia de até 855 km no ciclo chinês. Esse é o segundo carro criado a partir da parceria entre a Chery e a Huawei. O primeiro foi o sedã Luxeed S7. Mas estas parcerias com montadoras não são novidades. Continua após a publicidade Luxeed S7Divulgação/CheryAlém da Luxeed, a Huawei também possui submarcas com outras montadoras, sendo a Aito, em parceria com a Seres, e Stelato, em parceria com a BAIC. Atualmente a Huawei também está trabalhando em parceria com a JAC para uma nova submarca. Embora seu nome ainda não tenha sido anunciado, seu primeiro modelo será lançado já em 2025. Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram Sob apoio da HIMA, atualmente a Huawei tem quatro modelos já disponíveis na China, sendo: o Aito M5, Aito M7, Aito M9 e Luxeed S7. Todos eles podem ser comprados em lojas Huawei, dividindo o espaço com celulares e smartwatches. Continua após a publicidade Aito M9Seres/Divulgação Publicidade View the full article
  9. Já conhecemos o novo VW Golf MK 8.5, a reestilização de meio de vida da oitava geração do hatch. Também já fomos apresentados aos novos GTI e Clubsport. Agora, falta só a versão R, a mais esportiva da família. Por enquanto, o hot hatch está rodando somente com camuflagem, mas seu lançamento está próximo e já começaram a surgir as primeiras informações sobre ele. Relacionadas NotíciasGolf MK6 com motor VR6 era projeto secreto da VW e chegava aos 457 cv5 jun 2024 - 12h06 Carros usadosVW Golf 4,5 ficou esquecido, mas é hatch médio confiável e barato12 Maio 2024 - 17h05 NotíciasVW Golf GTI Clubsport evolui pouco e fica na sombra do Honda Civic Type R1 jun 2024 - 12h06 Para começar, assim como nas demais versões, o câmbio manual não será oferecido. Logo, assim como o GTI Clubsport, o Golf R terá somente a transmissão automática de dupla embreagem e sete marchas, que envia a força do motor para a tração integral. Pelo menos o modo drift da versão anterior será mantido, permitindo que, em certos momentos, toda a força vá exclusivamente para o eixo traseiro. VW Golf RDivulgação/VolkswagenO motor 2.0 turbo recebeu melhorias, elevando sua potência de 320 cv para 333 cv. Logo, esse é o Golf R mais potente já feito, se igualando à versão especial batizada de Golf R 333 divulgada no ano passado. Apesar das mudanças, o torque permanece em 42,82 kgfm. Vale ressaltar que essas especificações são para a versão europeia. Continua após a publicidade VW Golf RDivulgação/VolkswagenFora isso, sabe-se também que o novo Golf R ganhará um conjunto revisado de suspensão que o deixará cerca de 2,5 cm mais baixo e sempre estará equipado com amortecedores adaptativos Dynamic Chassis Control. Com o novo conjunto, o hot hatch fará de 0 a 100 km/h em 4,6 s — ou 4,8 s para a versão perua. Haverá, ainda, um pacote de desempenho para a versão europeia, responsável por aumentar a velocidade máxima para 270 km/h. Continua após a publicidade VW Golf RDivulgação/VolkswagenVisualmente falando, o Golf R não terá mudanças drásticas e, mesmo com a camuflagem, é possível notar novidades nos para-choques e os novos faróis de LED. Por dentro, haverá um conjunto de telas sendo de 10,2’’ para o quadro de instrumentos digital e 12,9’’ para a central multimídia. O head up display será um opcional. Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram Publicidade View the full article
  10. A concessionária até tentou resolver os barulhos e trepidações ao girar a direção durante a revisão dos 30.000 km do nosso Citroën C3. Reapertaram os sistemas, mas os barulhos voltaram três dias depois e foram agravando. Achamos melhor não esperar a revisão seguinte para tentar solucionar isso e marcamos uma visita a outra concessionária só para isso. Relacionadas Longa DuraçãoLonga Duração: Citroën C3 faz barulho e sofre com suspensão aos 33.000 km30 mar 2024 - 04h03 Longa DuraçãoBYD Dolphin veio sem carregador portátil – e o original custa o triplo5 abr 2024 - 04h04 Longa DuraçãoVídeo: as qualidades e defeitos do Jeep Compass após 90.000 km5 mar 2024 - 17h03 Tentamos marcar na Green do Morumbi, em São Paulo, mas por falta de agenda (o que estamos notando ser comum na rede Citroën) nos direcionaram para a Peugeot Nações Unidas, que curiosamente também vende (e atende) carros da marca Citroën. O atendimento foi pelo WhatsApp. Em rodagem, C3 esteve no litoral de São PauloRenato Pizzutto/Quatro RodasFalamos da direção e também de uma trepidação incomum no motor e ali mesmo o atendente também sinalizou que havia duas outras verificações a serem feitas no carro: uma na fixação do para–sol do motorista e outra no resistor do ventilador do ar-condicionado. Deixamos o C3 na concessionária três dias depois, pela manhã. Anotaram as observações e, por sinal, a reclamação sobre a trepidação do motor entrou em um relatório à parte. Pediram apenas para que o veículo ficasse até o dia seguinte, se fosse possível. Concordamos. Continua após a publicidade Barulhos e falta de fôlego estão dando o que falarFabio Black/Quatro RodasO carro ficou pronto por volta das 14 horas. As peças, as quais a fábrica solicitou a verificação, não precisaram ser trocadas e fizeram um reaperto geral na seção dianteira do carro, o que teria solucionado não apenas os barulhos ao esterçar a direção, mas também a vibração do motor. E pediram para retornar caso os problemas voltassem a acontecer. O fato é que o reaperto teve efeito. Na noite do mesmo dia ouvimos um discreto barulho na direção ao manobrar o carro, mas não se repetiu nas semanas seguintes. E o três-cilindros 1.0 está mais sereno. Continua após a publicidade Citroën C3 – 39.245 km Versão: First Edition 1.0 Motor: 3 cil., diant., transv., 999 cm3, 6V, aspirado, 75/71 cv a 6.000 rpm, 10,7/10 kgfm a 3.250 rpm Câmbio: manual, 5 marchas, tração dianteira Seguro: R$ 1.824 (Perfil Quatro Rodas) Revisões: Até 100.000 km – R$ 7.518 Gastos no mês: Combustível: R$ 1.243 Consumo: No mês: 12,5 km/l com 34,3% de rodagem na cidade Desde abril/23: 13,5 km/l com 31,4% de rodagem na cidade Combustível: flex (gasolina) Publicidade View the full article
  11. Participar de leilões de carros pode ser uma boa maneira de ganhar dinheiro extra e muita gente se dedica exclusivamente a essa atividade. É o caso de Gladiston Azevedo, que há três anos se dedica apenas à compra de veículos em leilões, mas também promove cursos online sobre o assunto e tem 1,3 milhão de seguidores no perfil do instagram, onde é conhecido como “louco por leilões”. Relacionadas Auto-serviçoAs oportunidades dos leilões de automóveis29 jan 2016 - 15h01 NotíciasCorolla por R$ 37.000? Super leilão tem Corollas (BEM) abaixo da tabela27 Maio 2024 - 19h05 Auto-serviçoComprar em leilão de carros exige atenção, mas pode se bom negócio8 jul 2021 - 19h07 A busca por conhecimento na área acompanha o aumento dos pregões online, um segmento que cresceu 70% durante a pandemia e que, segundo especialistas do setor, não perdeu relevância. O que o Gladiston chama de “virada de chave” e que o motivou a começar a investir mais em leilões foi o lucro que teve ao vender uma Ford Transit, ano 2011, há oito anos. Ele ainda trabalhava na oficina mecânica do pai (onde trabalhou desde os 14 anos) e já comprava carros de leilão para complementar a renda. Ford Transit comprada por Gladiston em 2016Gladiston Azevedo/Acervo pessoal“O furgão custou R$ 33.000 e o comprador me ofereceu um VW Fox 2012 e mais R$ 30.000, foi esse negócio que me fez querer viver disso. Em um negócio, eu praticamente ganhei um carro que muitas pessoas passam a vida para conquistar”, conta Gladiston, que já tem 14 anos anos de experiência comprando em leilões. VW Fox 2012 foi o “lucro” na venda da TransitGladiston Azevedo/Acervo pessoalMas para obter esse lucro de mais de 50% é necessário experiência e conhecimento para não cair em golpes ou comprar veículos que não são o que parecem e poderão dar dor de cabeça na manutenção ou revenda. Solicitamos algumas dicas para o especialista para que você tenha mais chance de fazer bons negócios tanto em leilões presenciais quanto virtuais. Confira: Atenção aos golpes Há incontáveis sites falsos de leilões e muitos casos de pessoas que perderam um bom dinheiro com essa modalidade de golpe. O especialista indica que os sites dos leiloeiros oficiais, normalmente, terminam com “.com.br” no final da URL e no geral, os sites que tem terminações como “.com” ou “.com/br” ou até “.org” são falsos. Continua após a publicidade Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram “Tenho orgulho em dizer que ajudei mais de 1.000 pessoas a não cairem em golpes e esse atualmente é o grande problema do mercado de leilões no Brasil”, diz Gladiston, que oferece uma lista de mais de 800 leiloeiros oficiais que é atualizada diariamente, mas o serviço é pago. Procure um leilão perto da sua casa Mesmo com a modalidade virtual, a indicação é sempre visitar o carro que pretende arrematar presencialmente. Um leilão perto da sua residência facilitará a visita, reduzirá o custo com deslocamento e também o custo do frete, caso arremate o veículo. Continua após a publicidade Dedique um tempo para ler o edital O valor final do arremate não é o valor que você vai pagar. Cada leiloeiro fixa uma taxa que, em média, é de 5% do valor que foi arrematado. Também há taxas administrativas, que constam no edital de cada leilão. Além disso, haverá todos os custos inerentes à compra de um carro, em especial documentação, que inclui a transferência de nome e eventual mudança de placa e IPVA. Não compre carros sinistrados O especialista garante que apenas uma pequena parte das frotas que são vendidas em leilões pelo Brasil são provenientes de sinistro, ou seja, envolveram-se em acidentes de trânsito. São carros conhecidos como pequena monta, média monta e grande monta. O pequena monta se dá por avarias leves no veículo e é o único caso em que não consta um registro de recuperado de sinistro no documento do mesmo. Continua após a publicidade No média monta há avarias maiores e haverá o registro no documento, o que vai dificultar a revenda, pois o mercado de seguradoras costuma ser resistente para assegurar carros que já tenham passado por sinistro. Por fim, os veículos de grande monta não tem direito a documentação e só podem ser vendidos como sucata. O especialista em um leilão com picapes oriundas de frota de empresa privadaGladiston Azevedo/Acervo pessoal“Eu sempre aconselho o público a preferir os veículos provenientes de financeiras e, em especial, de frotas de empresas privadas e órgãos públicos. Nesse último caso, na maioria das vezes, encontramos carros com pouca coisa para fazer, com baixa quilometragem e que estavam funcionando”, indica Gladiston. Continua após a publicidade Gladiston em um leilão de frota pública que participouGladiston Azevedo/Acervo pessoal Não tem test-drive É importante ressaltar que nenhum leilão de carros no Brasil permite que o carro que está sendo leiloado seja conduzido pelos interessados, muitos não permitem nem sequer ligar o motor. Portanto, é necessário sempre colocar na conta que sempre existirá a possibilidade do motor estar com problema e isso pode encarecer (muito) o conserto do veículo para a revenda. “Sempre coloco na cabeça que o motor pode estar com problema e meu lucro pode diminuir na revenda. Mas, de acordo com a procedência, é possível evitar a compra de modelos com motores inutilizados”, afirma. Continua após a publicidade Sempre avalie presencialmente A dica principal do especialista é que a avaliação tem que ser presencial. Há detalhes que só são vistos pessoalmente e informações também. “Eu coleto informações importantes quando vou visitar os lotes, inclusive de funcionários que rodaram muitos quilômetros com aquele carro e sabem o estado do motor, por exemplo.” O especialista indica que, caso não haja a possibilidade de visitar o local onde os lotes estão expostos, o mais indicado é solicitar a visita do mecânico de confiança, o que aumenta a possibilidade de comprar um bom carro. “Entre os meus alunos já existe a prática de trocar favores de um ir visitar para o outro conforme a conveniência e disponibilidade, a única regra é sempre visitar”, conclui. Publicidade View the full article
  12. Last week
  13. O modulo amplificador TL 1500 da Taramps foi desenvolvido para sistemas de som automotivo de 3 canais sendo eles: 2 canais stereo L/R de 95 Watts RMS a 2 ohms cada com filtro ativo de corte HPF em 90Hz para ligar os alto falantes das portas e tampao. 1 canal de SUB de 200 Watts RMS a 4 ohms para ligar a caixas de subgrave. Este canal e resultante da soma dos canais L/R com filtro ativo de corte LPF em 90Hz. E um produto estereo com potencia total de 390 Watts RMS e FULL RANGE tocando todas as frequencias na medida certa para voce. Para mais informacoes acesse: https://www.taramps.com.br/pt/produto/tl-1500/ product View the full article
  14. A Chery e a Jaguar Land Rover têm uma joint-venture na China há 12 anos na China e também há colaboração da JLR com o desenvolvimento de suspensões dos carros da fabricante chinesa. Contudo, agora chegou a vez da Chery ajudar a JLR. Marca de luxo da Chery, a Exeed assinou um acordo de cooperação estratégica com a JLR. Este acordo permite que os próximos carros carros da Jaguar Land Rover sejam baseados em plataformas desenvolvidas pela Exeed. Relacionadas Carros elétricosNova linha de híbridos da Chery terá SUV com estilo de Land Rover25 set 2023 - 12h09 Carros elétricosLand Rover quer fabricar Evoque e Discovery Sport elétricos no Brasil12 out 2023 - 16h10 NotíciasJLR anuncia investimentos em elétricos e acaba com a marca Land Rover20 abr 2023 - 16h04 Estas plataformas já estão escolhidas. Uma delas é a arquitetura modular M3X, também conhecida na China como T2X. Ela foi desenvolvida em parceria com a Benteler e é dedicada a carros a combustão e híbridos plug-in, sendo o maior interesse da JLR a segunda opção. Plataforma M3XDivulgação/CheryA plataforma M3X pode ser equipada com a motorização “Super Hybrid” da Chery, que combina um motor a combustão, dois elétricos e um câmbio de três marchas, sistema usado no Brasil pelo Caoa Chery Tiggo 8 Pro. A interação entre os motores resulta em 11 marchas, eficiência térmica e autonomia superior a 1.000 km. Esta combinação de motor e plataforma já é usada pelo Exeed RX PHEV. Exeed RXExeed/DivulgaçãoA segunda plataforma que será adotada pela JLR é a E0X. Desenvolvida em conjunto pela Chery e Huawei, esta arquitetura é a base dos quatro carros mais modernos fabricados pela Chery, os Exlantix ES, Exlantix ET, Luxeed S7 e Luxeed R7. Continua após a publicidade Plataforma E0XDivulgação/CheryEla é adequada para carros elétricos ou de alcance estendido, que utilizam um pequeno motor elétrico apenas como gerador. Além disso, a plataforma também possui sistema de alta tensão de 800 V e tecnologias avançadas de condução. No geral, está é uma arquitetura de ponta, adequada para carros JLR. Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram Luxeed S7Divulgação/CheryAinda não há previsão de quais modelos da JLR utilizarão e nem quando a empresa adotará as novas plataformas. No entanto, é uma grande economia de tempo e dinheiro para a empresa, por não ter de desenvolver sua própria tecnologia. Publicidade View the full article
  15. want it . fred.n.sound gmail.com Hit the to join the notification squad SUBSCRIBE FOR MORE VIDEOS...... SKIP TO: Intro 00:00 Unboxing 00:03 How To Setup 00:44 Power Test 01:22 Stereo Sound Test RCA Audio iPad Aux r ZA3 RCA 02:01 MONO Sound Test RCA Audio iPad Aux r ZA3 RCA 02:42 A-Closer Look 03:13 4K shots 04:23 Spec Sheet 05:24 GET IT HERE ZA3 Official site: https://bit.ly/za3influtrack promo code: MKTZA315 Amazon: https://amzn.to/3RKX2jX Aliexpress: https://s.click.aliexpress.com/e/ oCbAPsi eBay: https://www.ebay.com/itm/296118262670 nordt true NOTE: All Videos on free air Tests/Demos are made to fulfill your needs by getting the opportunity to see all the close-up details such as magnet/membrane/cone and speed/flex movements. Each and every video has been recorded with top tech please use quality headphones to feel the difference between other videos. Each and every model has been tested for hours/days by all types of environments such as hall/lab/vehicle. also each speaker/tweeter/midbass/sub is tested on random amps/DSPs and different head-unit input types like analog/digital. the same process for power amplifiers/DSPs. we use this technique to maximize the final fair decisions of the output/performance levels of each gear individually. the final score will be published on our Official web and in the upcoming videos. Feel free to contact us for Professional collaborations a suggestions. OUR SOUND TEST/MUSIC: 40 Hz Test Tone by Fred a Sound https://www.youtube.com/watch v GVwoq254nj0 THE WILD SEA by Fred a Sound Official Mix https://www.youtube.com/watch v GS0hlQhpGxY High-End Radio - by Fred a Sound Original Mix https://www.youtube.com/watch v DDfKFTCm8Ac qFRED a SOUND Official MIXq https://www.youtube.com/watch v 9NOzIeDYdwI Fred a Sound - Jungle In Space Original MIX SOUND TUNE TEST TRACK https://www.youtube.com/watch v iyeF4cOJqg0 Bass Test-Bass Protector Original Mix by Fred a Sound INT https://www.youtube.com/watch v 9hehFb5HrRQ Time Reflection by Fred And Sound - Original Mix https://www.youtube.com/watch v LvIrSEeoEM8 WHAT WE DO Fred a Sound Audiophile ONLY Introducing The First Channel on YouTube For Pure Audiophile Car Audio Real High-End Car Audio-Audiophile World Wide Research Bring Out The Truth And Best Deals Ever. High/Mid-End Car Audio Compares: Subwoofer-Midbass-Midrange-Tweeter-Amplifier-Dsp-Wiring Head Unit Test/Review Amplifier Dyno Each car audio Gear Gets a Full Review Including 4K Videos/Photos From All Angles Amplifier Guts DIY Subwoofer Enclosure DIY Speaker Build We Produce Our Own Music Especially Design For Sound Tuning/Setup customaudio steg frednsound newaudio View the full article
  16. ESTRANHO AUDIO PARTS - Use o cupom de desconto RAYLLAN5 e compre direto da fabrica https://loja.estranhoaudioparts.com.br Para que serve um amplificador no carro Como saber qual o amplificador certo O que o amplificador faz no som Qual a funcao do amplificador amplificador para carros 1000w amplificador de som automotivo 2000w rms amplificador automotivo 3000w rms amplificador de carro antigo amplificador de som de carro amplificador automotivo 8000 watts amplificador som automotivo 4 canais amplificador de som automotivo pequeno Para que serve o modulo de um carro Qual e o valor do modulo O que acontece se o modulo do carro queimar O que acontece quando o modulo de injecao queimar modulo de carros motor modulo de carro valor modulo de carro para que serve modulo para som de carro modulo para carros mercado livre modulo som automotivo barato Meu facebook https://www.facebook.com/rayllansom/ Para comprar produtos online segue o link para compra AMAZON https://amzn.to/3B5gXlb Shopee https://shope.ee/apjpxVjd Ja conhece meu canal no youtube https://www.youtube.com/c/RAYLLANSOM Hashtags: dinheiro som somautomotivo nubank carro viagem bradesco rayllansom caixaeconomica audio financiamento banco vendas negocios Volkswagen Fiat Toyota Hyundai GM JEEP RENAULT HONDA NISSAN PEUGEOT CITROEN BMW BYD MITSUBISHI PORSCHE FORD Seja membro deste canal e ganhe beneficios: https://www.youtube.com/channel/UCg0mdazek-we xML7cHrr1g/join O seu canal de Som Automotivo /nordeste. Nao esqueca de deixar seu LIKE e de se INSCREVER-SE para continuarem atualizados e ajudar nossa familia crescer. Instagram TikTok kwai e Facebookr rayllansom GRUPO TELEGRAM LINK DO GRUPO--- https://t.me/joinchat/HAimD4-0PoXFuQz1 QUAL MODULO CERTO PARA SEU CARRO FICA MAIS POTENTE somautomotivo View the full article
  17. VW Amarok - Sistema de áudio SQ. Instalamos um kit e coaxial Audison, linha Prima nos lugares originais. Multimídia Alpine ILX-W650 orquestrando esse sistema, mantendo todos os comandos originais. A Audio Design dá garantia PERMANENTE em suas montagens desde 1994, excelência em vender , projetar e instalar. Mais de 25 anos construindo tendências e obras primas em áudio e acessórios. O veículo não perde a garantia de fábrica, pois não alteramos ou cortamos qualquer chicote do veículo. #vw #vwamarok #amarok #amarokv6 #volkswagen #volkswagenamarok #volks #amarokextreme #vwamarokv6 #amarokeiros #volkswagen #volks #volksworld #volkslovers #volksnation #amarokhighline #amarok_brasil #amarok4x4 #4x4brasil #amarokextreme #amarokclub #amarokbrasil #amarokbr #amarok2023 #amarokbrazil #meuvw #rline #tsi #gli #alpine View the full article
  18. Compartilha com sua namorada ou namorado essa dica de presente! #audiophonic #sub #som #carro #somautomotivo #sound #carros #carrosbaixos #bas #sensation #need #club #htech #music #top #distribuição #somtop #sotocatop #tocamuito #audiodeemoção #audioemhd #somdequalidade #qualidade #somhd #kit #coaxial #kitduasvias Veja artigo original
  19. Volante torto, não era apenas um alinhamento de volante. Histórico de acidente e foi trocado apenas a bandeja, mas tinha um detalhe, barra axial ruim também. #spportcarbrautomotive ... #scbrautomotive #hyundaisantafe #serviçoalinhamento #geometriaautomotiva #suspensãoautomotiva Siga 👉🏻 @scbrautomotive View the full article
  20. O Programa de Mobilidade Verde e Inovação (MOVER) foi aprovado na noite de ontem (11) pelo Congresso Nacional e passa a ter validade de lei, com vigência de 5 anos. O projeto já estava em vigor desde o começo do ano, quando o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou a Medida Provisória, que criou oficialmente o programa MOVER, substituindo e ampliando o antigo Rota 2030. Relacionadas Carros elétricosNovo programa Mover entra em vigor e acelera a descarbonização no Brasil2 jan 2024 - 15h01 Auto-serviçoNovos investimentos de montadoras no Brasil já passa dos R$ 80 bilhões8 mar 2024 - 12h03 Carros elétricosToyota Yaris Cross faz até 30 km/l e será híbrido nacional em 202423 jun 2023 - 13h06 A resolução do projeto era muito aguardada por todo o setor automotivo nacional, pois diversas empresas anunciaram investimentos no Brasil nos últimos meses, somando mais de R$ 130 bilhões até o momento. A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) celebrou a aprovação do MOVER. De acordo com o presidente da instituição, Márcio de Lima Leite, foi um movimento muito importante “para o setor automotivo continuar renovando seus ciclos de investimentos com foco na descarbonização, na segurança veicular, na reindustrialização e na neoindustrialização”. Antigo complexo Industrial Ford, em Camaçari, na Bahia, será a casa da BYDAlberto Coutinho/GOVBA/DivulgaçãoSobre o Programa MOVER O MOVER foi desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços com o auxílio de outras instituições, como a ANFAVEA. Entre os objetivos estão, por exemplo, o estímulo de investimentos em pesquisa e desenvolvimento no Brasil, o estímulo às tecnologias com foco ambiental e a valorização da matriz energética brasileira de baixo carbono. Além disso, o MOVER também se dispõe a inovar em conceitos ambientais. como utilizar o cálculo do “poço a roda” para estabelecer as emissões, e não mais o convencional “tanque a roda”. Isso quer dizer que não serão mais medidos apenas as emissões pelo escapamento, mas levando em conta desde a produção do veículo e do combustível. O mover também passa a incluir “todas as modalidades de veículos capazes de reduzir danos ambientais”, ou seja, também ônibus, caminhões, componentes e até veículos levíssimos, como bicicletas e motos. A partir de 2027 a medição será ainda mais ampla, passando a utilizar o sistema “do berço ao túmulo”, que medirá a pegada de carbono completa dos veículos no Brasil. Exemplo ao etanol, as emissões de carbono serão medidas desde o plantio, passando por todo o processo, até chegar à queima do combustível. Carros elétricos também passaram por esse sistema. <span class="hidden">–</span>Fernando Pires/Quatro RodasComo forma de incentivar a sustentabilidade, o Governo também dará incentivos às empresas, totalizando cerca de R$ 19 bilhões em crédito até o fim do programa, em 2030. A ideia é aumentar gradativamente os incentivos com o passar dos anos, conforme as empresas se adequam ao programa. Em 2024, o incentivo fiscal para quem investir na descarbonização será de R$ 3,5 bilhões, subindo para R$ 3,8 bilhões em 2025, R$ 3,9 bilhões em 2027, R$ 4 bilhões em 2028 e chegando a R$ 4,1 bilhões em 2029. Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram O Mover também incentivará a ‘neoindustrialização’ do Brasil, com incentivos à pesquisa e a chegada de novas indústrias. Empresas de fora que se instalarem no Brasil receberão incentivo equivalente ao imposto de importação incidente na transferência das células de produção e abatimentos no Imposto de Renda de Pessoa Jurídica e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). Esse novo programa está inserido dentro de uma política denominada de “Nova Indústria Brasil”, que abrange diversos setores nacionais e busca ampliar a economia do Brasil. Além disso, o MOVER também dá continuidade a outros dois projetos semelhantes, sendo o InovarAuto (2012) e ao Rota 2030 (2018), trazendo políticas públicas e obrigações energéticas para a indústria. Continua após a publicidade “Graças à continuidade desses programas, os veículos produzidos hoje no Brasil estão entre os mais econômicos, ambientalmente responsáveis e seguros do mundo. Tenho convicção que o MOVER nasce como referência para o mundo em termos de política industrial para o setor automotivo”, concluiu Márcio de Lima Leite. Publicidade View the full article
  21. Aproveitando o embalo tenho um limited 2023, porém queria manter mais original possível. Tô em dúvida entre auto falante de 6 pelogadas com Twitter ou kit duas vias, opções com Nar, Áudiophonics e Snake teoricamente é tudo na mesma faixa de preço. A pergunta precisa usar modulo? Se sim pode ser aquele stetsom pequeno pra ficar atrás do porta luvas? No caso o carro não tem rca teria que usar conversor? Futuramente gostaria de usar um sub de 8 polegadas Resumindo qual seria a melhor opção para deixar tudo original com um som de qualidade para dentro do carro? Obrigado
  22. Faz alguns anos que se fala sobre a volta do Salão do Automóvel de São Paulo, que não acontece desde 2018. No final do ano passado, o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Marcio de Lima Leite, sinalizou que o evento poderia ser realizado ainda em 2024. A iniciativa avançou e, se atrasar, não será por muito. Nesta quarta-feira (12), em entrevista à rádio Bandeirantes, o presidente da Anfavea voltou a falar sobre a realização do evento automotivo mais importante do setor e acrescentou que ele pode acontecer ou em novembro de 2024 ou em março de 2025. Relacionadas NotíciasSalão do Automóvel de Genebra é definitivamente cancelado4 jun 2024 - 09h06 NotíciasSalão do Automóvel de São Paulo voltará a acontecer em 20247 dez 2023 - 19h12 NotíciasGoodwood 2023 completa 30 anos e se torna um “salão do automóvel”3 set 2023 - 07h09 “Estamos trabalhando uma data, será em São Paulo e será um grande Salão em termos de tecnologia e produtos”, disse o presidente. E acrescentou: “O Brasil precisa retomar o Salão e mostrar as tecnologias que temos para exportação. […] O que que nós temos no Brasil e os planos futuros e utilização de biocombustíveis.” Continua após a publicidade Na coletiva de imprensa de dezembro de 2023, e também na ocasião da inauguração da nova sede da Anfavea em São Paulo, em abril, o executivo destacou que o foco do evento tende a ser a tecnologia e os produtos das montadoras devem ganhar maior destaque. Márcio afirmou que está estudando diversas modalidades de eventos que ocorrem em todo mundo para ter como base nas próximas edições. Panamera Turbo S era uma das atrações do espaço da Porsche no Salão de 2018Henrique Rodriguez/Quatro RodasAinda sobre o novo formato, Márcio afirma que deseja criar um modelo totalmente brasileiro e diferente de tudo que conhecemos. “Queremos desenvolver um formato inédito para o evento”, disse na coletiva que ocorreu em dezembro. Continua após a publicidade Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram “Estamos avaliando questões de espaço e logística, mas o salão do automóvel vai acontecer. Não temos data ainda definida, mas, sem dúvida, é uma cobrança legítima do presidente Lula, nós precisamos ter ousadia para expor as nossas tecnologias para os consumidores e também para o mundo de uma forma geral”, ressaltou em abril deste ano. No Salão do Automóvel, 29 fabricantes expuseram seus automóveis e mais de 740.000 visitantes passaram pelo local. As edições seguintes, 2020 e 2022, foram canceladas previamente, sendo a primeira por conta da pandemia e outra por queixas de “custos elevados” por parte dos expositores. Publicidade View the full article
  23. Encontrar peças de boa qualidade é uma baita dificuldade, mas acredito em algumas hoje. Troca de amortecedores dianteiros, estes são Monroe e coxins de amortecedores Sampel com rolamentos Fag. #spportcarbrautomotive ... #scbrautomotive #revisaosuspensão #amortecedoresmonroe #trocadeamortecedores #vwfox Siga 👉🏻 @scbrautomotive View the full article
  24. Depois dos EUA e Turquia, agora a União Europeia definiu suas diretrizes de importação para carros elétricos da China. Diferente dos demais mercados, que estabeleceram alíquotas fixas, nos países da UE elas irão variar de acordo com a marca. Relacionadas Carros elétricosChinesa GWM cancela planos e demite todos de seu escritório na Europa29 Maio 2024 - 17h05 Carros elétricosBYD anuncia fábrica na Europa e quer 10% do mercado até 203026 dez 2023 - 16h12 Carros elétricosTesla Model Y é o primeiro elétrico campeão de vendas na Europa19 jan 2024 - 19h01 As alíquota foram definidas após investigações de comissão da União Europeia sobre incentivos recebidos pelas fabricantes chinesas em seu país. Nessa, a SAIC terá a maior taxação, de 38,1%, enquanto os carros da Geely pagarão 20% e os elétricos da BYD serão taxados em 17,4%. Essas alíquotas serão adicionais aos 10% que os carros elétricos importados já pagam na Europa e começam a valer em 4 de julho. MG 4 é elétrico com boas vendas na EuropaMG/DivulgaçãoA Tesla, que fabrica seus carros na China e exporta para a Europa, também terá que pagar o imposto, mas ”pode receber uma alíquota calculada individualmente na fase definitiva”, diz a UE. Já as montadoras europeias que fazem o mesmo que a Tesla, como a Dacia, por exemplo, ainda não tiveram sua situação explicada. Marcas chinesas que não foram investigadas serão taxadas em 21% mas podem recorrer a uma investigação para que a alíquota seja reduzida. Continua após a publicidade As medidas são para ajudar a frear a rápida chegada de carros elétricos baratos chineses e, consequentemente, proteger a indústria local. Porém, muitas montadoras da UE temem que o governo chinês responda na mesma moeda, taxando a importação de carros europeus. Anteriormente a China já havia sinalizado que iria cobrar 25% de imposto de importação para carros ocidentais com “motores grandes”. Dacia Spring é fabricado na China para ser vendido apenas na EuropaDivulgação/DaciaApesar da medida protetiva, especialistas afirmam que elas não devem afetar os preços dos elétricos chineses na Europa. Segundo eles, para impactar nos preços a alíquota teria que ser de pelo menos 50%. No mais, as chinesas só terão que reduzir um pouco sua margem de lucro — que não é pequena — para não repassar o aumento do custo aos consumidores. Continua após a publicidade A decisão da UE vem após os EUA anunciarem um aumento nas taxas de importação de carros elétricos chineses para 100%. Já a Turquia, país que não pertence a UE, também divulgou que cobrará 40% de imposto para todos os automóveis vindos da China, seja eles híbridos, elétricos ou a combustão. Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram Enquanto isso, aqui no Brasil, após retirar a isenção de importação para carros elétricos, o Governo está retomando aos poucos a cobrança do imposto, independente da origem do carro. No momento, a alíquota é de 12% para híbridos de todos os tipos e 10% para elétricos. A partir de julho, ela será de 25% para híbridos leves e plenos, 20% para plug-ins e 18% para elétricos. Elas continuarão subindo até julho de 2026, quando o imposto será de 35% para todas as categorias de eletrificados. Publicidade View the full article
  25. Alguns carros criados no Brasil ou para o Brasil já foram fabricados na China, como o Volkswagen Santana, o Chevrolet Classic e até mesmo o Fiat Palio, mas nunca houve um fluxo de exportação de carros para a China. Contudo, tudo é possível quando o assunto é Volkswagen Kombi. Relacionadas Carros elétricosDirigimos a ID.Buzz, Kombi elétrica que poderá ser VW mais caro do Brasil7 mar 2023 - 16h03 ClássicosVolkswagen Kombi Last Edition: o último teste da ‘velha senhora’2 set 2021 - 20h09 NotíciasDono de Kombi Last Edition ganha processo contra VW30 ago 2016 - 19h08 A Volkswagen chegou a exportar 50 unidades da Kombi Last Edition para o México de forma oficial, mas outras dezenas chegaram à Europa de forma independente. Muitas são transformadas em campervan, mas são invariavelmente valorizadas: chegam a ser negociadas pelo equivalente a quase R$ 300.000 mesmo após 10 anos fora de linha. <span class="hidden">–</span>Dongchedi/ReproduçãoO que parecia improvável é que a Kombi Last Edition seria exportada até mesmo para a China, mas há algumas unidades por lá. Encontramos, inclusive, uma à venda por 145.800 yuan, o que equivale a R$ 108.000 no câmbio atual. Compartilhe essa matéria via: WhatsAPP Telegram Este exemplar em Xangai é a unidade 311 das 1200 produzidas e não tem sua quilometragem informada, mas recebeu algumas customizações. A mais chamativa é o falso estepe dianteiro que, na verdade, é uma grade dianteira customizada. O estepe verdadeiro continua ocupando espaço no porta-malas. Também há alguns adesivos nada discretos na carroceria, mas ainda usa os pneus originais. Continua após a publicidade <span class="hidden">–</span>Dongchedi/ReproduçãoEsta não é a única unidade da Kombi Last Edition por lá. Há outras e, de acordo com a imprensa chinesa, estes carros chegaram a ser negociados pelo equivalente a R$ 250.000 de hoje. Seria o suficiente para comprar cinco BYD Dolphin Mini por lá. Um dos exemplares que encontramos só chegou à China em 2018, cinco anos após ter saído de linha no Brasil. <span class="hidden">–</span>Dongchedi/ReproduçãoHá muitas Kombi Last Edition expatriadas. Primeiro por serem as últimas Volkswagen T2 fabricadas no mundo inteiro e em segundo lugar por não ter sido uma série especial tão exclusiva quanto fora originalmente planejado. Continua após a publicidade <span class="hidden">–</span>Dongchedi/ReproduçãoEsta série que marcou o fim da produção em 2013 teria apenas 600 unidades produzidas. Mas, para surfar no sucesso, a VW acabou dobrando a produção para 1.200 unidades e muitas encalharam ainda no Brasil devido ao alto preço. <span class="hidden">–</span>Dongchedi/ReproduçãoUma curiosidade é que as unidades da série especial foram customizadas pela Rontan, que se encarregou de fazer a pintura em dois tons, replicar as cores nos bancos e instalar cortinas e carpetes de melhor qualidade. Mas todas as Kombi Last Edition saíram de fábrica com o motor 1.4 flex aspirado de 80 cv e câmbio manual de cinco marchas. <span class="hidden">–</span>Dongchedi/Reprodução Publicidade View the full article
  26. diadosnamorados loucosporeros erosaltofalantes altofalantes View the full article
  27. ECONOMIZE AO MONTAR SEU SISTEMA DE SOM AUTOMOTIVO ESTRANHO AUDIO PARTS - Use o cupom de desconto INFINITYEAP e compre direto da fabrica https://loja.estranhoaudioparts.com.br Concorra a um SOM AUTOMOTIVO / RESIDENCIAL completo https://infinitysom.com.br/catalogsearch/result/ q LOTE SEJA MEMBRO AJUDE A MANTER O CANAL https://www.youtube.com/channel/UCWVXY200ZHWULaDTvDQtfpg/join z CURSO COMPLETO https://go.hotmart.com/D61464418N de Som Automotivo - Seja voce o melhor profissional de sua regiao Quer projetar as MELHORES CAIXAS https://infinitysom.com.br/catalogsearch/result/ q ELISA Tire suas duvidas ou projete seu sistema comigo meu contato: https://infinitysom.com.br/consultoria-bruno.html Taramps https://amzn.to/3vOhi7S Stetsom https://amzn.to/3pL7Xgc Soundigital https://amzn.to/3vPs0uV Banda https://amzn.to/3nzFo2y Pioneer https://amzn.to/3vTS6wU Bravox https://amzn.to/3bgWLz8 Eros Alto-Falantes https://amzn.to/2Zqs488 JBL https://amzn.to/3miYURq Triton Alto-Falantes https://amzn.to/3msUrvH 7Driver https://amzn.to/3cFHjNY Oversound Alto-Falantes https://amzn.to/3mmGRtw Fontes Usina https://amzn.to/3miUoCr Bomber Alto-Falantes https://amzn.to/3CtQyw4 JFA https://amzn.to/2ZnfI0x DICA ao acessar os links inclua no carrinho de compras imediatamente para garantir a oferta naquele preco Instagram: https://instagram.com/infinity.som Maior interacao com os inscritos alem de sorteios GRATUITOS. Facebook: https://www.facebook.com/infinitysomautomotivo View the full article
  1. Load more activity

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...