Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. (17/09/2015)
- Encontro Sound Quality em São Paulo/SP domingo (27/10/2019) *****

All Activity

This stream auto-updates     

  1. Today
  2. Desnecessário. Eu utilizaria um sd800.4, melhor e mais barato.
  3. Oi pessoal, tudo bem? Estou iniciando meu projeto de som SQ e gostaria de uma indicação de uma loja para montar em Goiânia, pra quem for de Goiânia/GO e puder me ajudar vai ser de grande vália! Aqui na cidade, é muito comum o "trio goiano", onde pessoal ainda não tem costume de montar kit 2 vias e fazer tratamento de porta com manta acústica! Uma outra dúvida também, e que tenho um orçamento limitado e já decidi que vou montar os itens: Kit Duas Vias Audiophonic Club K.c 6.3; Kit Coaxial Audiophonic Club Cb; Subwoofer Original Audiophonic Club 12 400W; Para diminuir os custos e conseguir montar os auto falantes na porta traseira estou pensando em comprar o amplificador a baixo para tocar todo o sistema: Amplificador Df1200.5 Dx 1200wrms; Mas gostaria de saber se o amplificador não será um "gargalo" na qualidade do meu som e para que isso não ocorra, opte por não montar os auto falantes traseiros e utilize o dinheiro do mesmo para adquirir um amplificador melhor: Amplificador Modulo Audiophonic Club 800.4v2; Desde já agradeço imensamente a atenção.
  4. Sua ponderação está corretíssima e tu tem experiência sobre isso. Bom que ele leia isso e faça a ligação em 5,3 ohms.
  5. O duro é que vem mudança de amp, hu e kit! Hahaha
  6. E difícil avaliar o quanto vai prejudicar, melhor jeito de saber vai ser vc que já está acostumado com seu sistema ouvir depois da mudança, até seria um bom relato, se puder dar retorno depois Mas acredito que não será uma diferença fácil de se perceber
  7. Yesterday
  8. Até quase concordo com a opção 3. Mas é uma situação fora do ideal. Tenho certeza que o amigo pra estar montando 4 falantes quer um som pra aloprar e isso vai fazer danificar falante mais cedo que ele imagina. Posso prever dano ainda na fase de testes! No máximo sobrevive até o primeiro episodio de bebedeira de quem tiver com o controle na mão. Funcionar, vai funcionar. Bem? Não!
  9. Existe outra opção de ligação, nesse caso ocorre o oposto, o par 4+4 receberá menos potência. Olha aí: Fazendo a interpolação: Arredondando para 1.410 W e utilizando o mesmo raciocínio anterior, teremos 235 W para cada 4+4 e 470 W para cada 2+2. A potência especificada pelo fabricante é de 400 W.
  10. @Robert Rodrigues, você deve ter muito cuidado para não queimar os subs 4+4 pois teu módulo é beeem potente para esses 4 falantes... Assumindo que os teus equipamentos são esses: https://www.pioneerelectronics.com/PUSA/Car/Subwoofers/Champion+Series/TS-W307D2|D4 https://soundigital.com.br/produtos/3000-1d-evo/ Para a potência fornecida aos conjuntos fiz uma interpolação simples: Arredondando para 2.550 W e utilizando o raciocínio acima teremos 850 W para cada 4+4 e 425 W para cada 2+2. Para os 2+2 tranquilo, mas para os 4+4 isso é mais que o dobro da potência recomendada, considero que você deve ser muito cuidadoso caso escolha essa opção. Continua...
  11. Combo de amps Clarion, ambos unico dono. Amp 4ch APX-4361 com upgrades. 2ch com caps Nichixon KA e 2ch com caps Elna Silmic 2. Possui embalagem original e acessórios. 4 x 90w a 4ohms Amp Mono DPX-1851. Nunca aberto. Possui alguns riscos na frontal que acredito ser removível. 460w em 4ohms e 850w em 2ohms Combo por R$1.200 com frete via ML A vista podemos negociar. Amanha link com fotos dos amps Whats 16-99233-0094 .
  12. Dianteira da picape terá inspiração no visual da Fiat ToroChina Car News/ReproduçãoA JAC Motors não vive o bom momento de antes no Brasil: em 2011, com apenas oito meses, vendeu 23 mil unidades, contra 2.043 emplacamentos acumulados durante todo o ano passado. Mas a marca se reinventou para focar em modelos elétricos – e há novidades para o segmento a caminho do país. Vazaram as primeiras imagens da T9. Não reconheceu? É a atualização da picape iEV330P, que já é vendida aqui na configuração elétrica a R$ 259.900. Atualmente, o utilitário tem 150 cv de potência e 33,6 kgfm de torque, além de 330 km de autonomia, segundo o fabricante. Apliques de plástico são a principal novidade do modeloChina Car News/ReproduçãoNos flagras antecipados pelo site China Car News, o modelo aparece com dianteira agressiva e faróis divididos em duas partes, a exemplo da Fiat Toro. Mas o principal destaque da novidade são os apliques de plástico preto fosco, provavelmente inspirados na Ram 1500 Rebel. Pelas fotos, lateral e traseira não mudarão. Painel terá central multimídia com grande tela verticalChina Car News/ReproduçãoDe acordo com fontes ligadas à marca, a novidade deverá chegar às concessionárias brasileiras em 2021 e, assim como hoje, só na opção zero emissões. Vale lembrar que, apesar das vendas em baixa, quase 8% do total de emplacamentos da marca neste ano foram de veículos elétricos. Dianteira remete ao antigo Jeep CherokeeChina Car News/ReproduçãoMas, apesar de apostar nos veículos movidos a eletricidade, a JAC não pretende abrir mão do segmento de carros a combustão. Prova disso é que o novo T80 – que é chamado X7 na China – já foi flagrado lá fora e também está previsto para chegar ao nosso mercado. Reestilização manteve a lateral praticamente igualChina Car News/ReproduçãoPara os asiáticos, o modelo topo de linha deverá estar disponível na segunda metade de 2020 e ainda não previsão para desembarque em terras brasileiras. Aliás, com a pandemia da Covid-19, todo o cronograma de lançamentos da marca previstos para este ano acabou postergado. Traseira ganhou novas lanternas interligadasChina Car News/ReproduçãoSe quase não há mudanças nas laterais – algo comum em reestilizações –, a dianteira do SUV parece ter bebido da mesma fonte de inspiração da picape T9 já mencionada. Isso fica claro nos faróis espichados e divididos em duas partes, que é lembram o antigo Jeep Cherokee. Painel mudou completamente em relação à versão atualChina Car News/ReproduçãoDiferentemente do modelo comercial, cujo interior ainda não é oficial, o painel do novo T80 já foi mostrado e terá alterações em relação à configuração que é vendida aqui nos dias atuais. Em relação à tecnologia, quadro de instrumentos e central multimídia foram atualizados. Veja também NotíciasSUVs líderes perdem mais valor que franceses e chineses, diz consultoria21 ago 2019 - 07h08 NotíciasA luta de JAC, Lifan e outras marcas pequenas para não morrer no Brasil8 nov 2019 - 07h11 Entretanto, resta uma dúvida em relação à mecânica. Isso porque o SUV é trazido ao país com motor 2.0 turbo de 210 cv e 30,6 kgfm, enquanto a imprensa chinesa afirma que, por lá, o T80 terá um 1.5 turbo com injeção direta de combustível capaz de render 176 cv e 25,6 kgfm. View the full article
  13. Gostaria de saber mesmo antes de testar quão prejudicial na prática seria uma emenda nos meus cabos, neste caso em específico, meus audison sonus s214 que uso nos tweeters. Terei de trocar a posição do amp e os sonus não chegam, mas tenho mais pedaços que emendando chegariam (mais um pedaço só em cada tw). Se for digamos insignificante aos ouvidos a perda, não teria de gastar comprando mais cabo. Se alguém puder ajudar, eu agradeço! Abs Edit: para evitar interpretação errada, seria apenas uma emenda em cada via dos tweeters, ou seja, acrescentaria apenas mais um pedaço a cada uma.
  14. @emanuelnobrega Obrigado, muito boa a resposta!! estava com dificuldade de achar um jeito de casar a impedância deles. São 2 Pioneer TS-W307d2 e 2 Pioneer TS-W307d4 estão em 2 caixas separadas 52l livres para cada sub sintonizada a 31hz e o módulo é 1 SD3000Evo black
  15. <span class="hidden">–</span>Mercedes-Benz/DivulgaçãoSistema envolvido: módulo de travamento do diferencial traseiro. Razões técnicas: constatou-se uma possível inconformidade produtiva no módulo de controle do travamento do diferencial do eixo traseiro dos veículos envolvidos, decorrente do não atendimento de requisitos de resistência química. Riscos e implicações: tal falha poderia ensejar desequilíbrio em correntes elétricas, interrompendo a comunicação entre o módulo e o atuador de travamento. Nesse caso, o status do bloqueio do diferencial ficaria prejudicado e, em situações extremas, desativaria os sistemas de controle de estabilidade e antibloqueio dos freios. A depender das condições operacionais do veículo, essas circunstâncias aumentariam o risco de acidentes e danos físicos de natureza grave, ou até mesmo fatais, aos ocupantes e/ou terceiros. Solução: haverá, oportunamente, a inspeção do sistema do diferencial traseiro e, se necessária, a substituição gratuita do módulo de travamento. Tão logo a produção dos componentes substitutos seja concluída, um NOVO COMUNICADO DE RECALL será divulgado convocando os proprietários para agendar os reparos. Para obter mais informações, acesse o site http://www.mercedes-benz.com.br ou entre em contato com a nossa Central de Relacionamento com o Cliente, pelo telefone 0800-970-9090. Com esta iniciativa, a Mercedes-Benz visa assegurar a máxima satisfação de seus clientes, garantindo a qualidade, a segurança e a confiabilidade dos veículos da marca. Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil. View the full article
  16. <span class="hidden">–</span>Lego/DivulgaçãoDepois de Land Rover Defender e Fiat 500, a Lego desenvolveu um kit Technic para os amantes do filme Velozes e Furiosos. Com ele é possível montar o Dodge Charger R/T 1970 de Domenic Toretto em miniatura montável em escala 1:13. Montado, tem 39 cm de comprimento, 16 cm de largura e 11 cm de altura. <span class="hidden">–</span>Lego/DivulgaçãoA miniatura é bem fiel ao modelo usado no filme. Entre os detalhes, estão: motor V8 com movimento real de pistões, bielas e do compressor, além de direção, abertura de capô, porta-malas e suspensões. Tem até o apoio para manter a frente do carro levantada, ilustrando a largada clássica do veículo em um racha com o Toyota Supra do detetive Brian O’Conner. O kit tem um total de 1.077 peças – um pouco menos que as recriações de Defender, Porsche 911 GT3 RS e Bugatti Chiron, que ultrapassam as 2.500 partes. O menor número de peças facilita não só a montagem, como também o transporte do carro montado. Veja também NotíciasDez carrinhos de Lego para montar gastando entre R$ 100 e R$ 1.25013 jan 2020 - 07h01 NotíciasNovo Land Rover Defender já tem uma versão de Lego, e ela é perfeita11 set 2019 - 17h09 NotíciasHonda Civic Type R de Lego tem quase o mesmo peso do carro de verdade26 abr 2019 - 16h04 Por enquanto o kit só está disponível nos Estados Unidos e como pré-venda – com entrega prevista para 27 de abril deste ano. A pedida pelo Charger do Dom é de US$ 99,99 (cerca de R$ 500 no câmbio atual). <span class="hidden">–</span>Lego/DivulgaçãoView the full article
  17. Prestes a lançar oficialmente seu primeiro veículo totalmente elétrico no Brasil, a Audi instalou 264 painéis solares para gerar energia para seu centro técnico, localizado em São Paulo (SP). A medida faz parte do plano de ser 100% neutra na emissão de carbono até 2050. Desse total, 80 placas estão alojadas na cobertura do local e as outras 184 foram instaladas em um terreno na cidade de Cajamar (SP). De acordo com Johannes Roscheck, CEO e Presidente da Audi do Brasil, “a iniciativa está em linha com os objetivos globais da empresa de ser 100% neutra em carbono até 2050 e representa um importante passo, pois ações de sustentabilidade precisam abranger não apenas os produtos.” A Audi afirma que os painéis geram 127 mil kWh por ano – 31% de seu consumo anual – e trazem uma redução de 17,3 toneladas de emissão de carbono no ambiente. Segundo a Saren, empresa que executou o projeto, a economia com eletricidade ficará entre entre 10% e 15%. A Enel, distribuidora de energia elétrica de São Paulo, foi a responsável pelas ligações de entrada e saída de energia do centro técnico. A Audi firmou um acordo com a empresa para que a produção excedente das placas seja destinada a rede de distribuição, em troca de créditos para uso futuro – com vencimento em cinco anos. Veja também NotíciasNovo A3 ainda é um Golf disfarçado de Audi. A3 Sedan aparece só em 20223 mar 2020 - 16h03 NotíciasNovo Audi e-tron tem câmeras no lugar dos retrovisores e custa R$ 459.99020 fev 2020 - 13h02 NotíciasAudi R8 deve virar esportivo híbrido, mas sem perder o motor V10 (ufa!)13 fev 2020 - 15h02 Além do Centro Técnico em São Paulo, a concessionária Audi Center Santos, no litoral paulista, também está utilizando energia solar nas operações. A energia é gerada pela usina solar de Porto Feliz (SP) e chega pela rede de distribuição. A empresa Sun Mobi, parceira no projeto, estima que a concessionária receberá 10 mil kWh por mês de energia limpa. View the full article
  18. Versão de produção abriu mão de para-choque dianteiro mais ousadoFernando Pires/Quatro RodasDo conceito apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018 para a versão de produção, muita coisa mudou na Ford Ranger Storm. Saíram os faróis com leds diurnos integrados, o para-choque dianteiro com parte central preta e peça simulando quebra-mato, os borrachões laterais e o enorme adesivo preto fosco que quase envolvia toda a caçamba. Ranger Storm ConceptFord/DivulgaçãoÉ que o projeto mudou. Se a Ranger Storm que vimos há quase dois anos parecia querer se afirmar como uma opção topo de linha para concorrer com a Chevrolet S10 High Country, a versão de produção leva aquela pegada aventureira para um patamar de preço intermediário. O santoantonio<br />da Storm é preparado para cargas mais pesadasFernando Pires/Quatro RodasA Ford diz que o foco são pessoas que abrem mão dos recursos tecnológicos das versões mais completas, mas não da força. Isso explica a Storm ser baseada na versão XLS, vendida apenas com motor 2.2 turbodiesel de 160 cv, mas ter recebido o motor das XLT e Limited, um cinco cilindros 3.2 turbodiesel com 200 cv, câmbio automático de seis marchas e tração 4×4 com bloqueio do diferencial traseiro. Snorkel e capota marítima são acessórios e custam juntos R$ 5.660, mas serão brindes para os 60 primeiros proprietáriosFernando Pires/Quatro RodasO acerto da suspensão também vem das versões mais caras e garante rodar confortável mesmo sem carga. Com tudo isso, a Ranger Storm ainda é mais barata. Custa R$ 150.990, contra os R$ 151.790 pedidos pela XLS 2.2 4X4 com câmbio manual (a Ford garante que não pretende reduzir os preços das XLS). <span class="hidden">–</span>Fernando Pires/Quatro RodasE não pense que a lista de equipamentos justifica, pois tem tudo que as XLS tem: central multimídia Sync3 com tela de oito polegadas, quadro de instrumentos com duas telas coloridas, ar-condicionado automático de duas zonas, sete airbags, câmera de ré, sensor de estacionamento e controles de estabilidade e de tração. Grade da versão Storm é inspirada na Ranger Raptor, mas não abre mão do logo da FordFernando Pires/Quatro RodasA Storm não é focada no trabalho, mas na praticidade. Por isso, os elementos que sobraram do conceito são os úteis. As molduras nas caixas de roda não só protegem a região, como também reforçam a estrutura e a junção entre para-lamas e para-choques. Rodas aro 17 são reforçadas, assim como os pneusFernando Pires/Quatro RodasO santoantônio emprestado pela Ranger FX4 americana é fixado em pontos estruturais da caçamba e suporta mais carga que o normal. Os estribos laterais também são reforçados. Até os adesivos na base das portas e no capô têm durabilidade acima da média, já pesando que a picape ficará mais tempo exposta ao Sol do que os dermatologistas recomendam. Pacote da versão XLS garante quadro de instrumentos com telas coloridasFernando Pires/Quatro RodasHá mais elementos importados. As lanternas com laterais escurecidas vêm da Ranger Wildtrack, versão aventureira produzida na Ásia, enquanto as rodas aro 17 com pintura preta são sul-africanas. Versão tem central Sync3 e ar-condicionado automático de duas zonasFernando Pires/Quatro RodasElas são reforçadas e favorecem a limpeza, uma característica compartilhada com os pneus Pirelli Scorpion AT+, 60% off-road, que estão sendo lançados junto com esta versão. Além de sulcos que expulsam lama e pedras com facilidade, têm laterais reforçadas para evitar cortes – um risco que existe tanto no off-road quanto dentro de algumas cidades brasileiras. A Ranger só tem bancos de couro a partir da versão XLTFernando Pires/Quatro RodasO que há de tão especial neles é fazer tudo isso sem prejudicar o conforto de rodar e o consumo. Em nossa pista, a Ranger Storm registrou média urbana de 9,1 km/l e rodoviária de 10,9 km/l, contra 8,8 km/l e 11 km/l, respectivamente, da versão Limited. E só de o cliente não ter que trocar os pneus já representa uma economia. Seletor de tração é eletrônicoFernando Pires/Quatro RodasConsiderando o que entrega e o preço, a Ranger Storm é quase imbatível. Nuvens negras se aproximam da Nissan Frontier Attack (R$ 160.850), única rival que consegue se aproximar em proposta e preço. Veja também NotíciasFord Ranger Raptor deve ganhar motor V8 do Mustang, mas com insanos 718 cv17 fev 2020 - 14h02 NotíciasFord e VW trabalham juntas em SUVs baseados nas novas Amarok e Ranger16 jan 2020 - 10h01 NotíciasO primeiro duelo de Chevrolet S10 e Ford Ranger31 dez 2019 - 11h12 Teste – Ford Ranger XLS Storm Aceleração 0 a 100 km/h: 11,2 s 0 a 1.000 m: 32,9 s – 156,8 km/h Velocidade máxima: n/d Retomada (em D) 40 a 80 km/h: 4,9 s 60 a 100 km/h: 6,5 s 80 a 120 km/h: 8,6 s Frenagens 60/80/120 km/h – 0 m: 16,2/28,1/64,2 m Consumo Urbano: 9,1 km/l Rodoviário: 10,9 km/l Molduras das caixas de roda deixam o visual mais robusto e são estruturaisFernando Pires/Quatro RodasFicha técnica – Ford Ranger XLS Storm 3.2 4X4 AT Preço: R$ 150.990 Motor: diesel, dianteiro, longitudinal, 5 cil., 20V, turbo, 3.198 cm3; 200 cv a 3.000 rpm, 47,9 mkgf a 1.750 rpm Câmbio: automático, 6 marchas, tração 4×4 sob demanda Suspensão: McPherson (dianteiro) / eixo rígido (traseiro) Freios: disco ventilado (dianteiro) / tambor (traseiro) Direção: elétrica, 12,2 (diam. giro) Rodas e pneus: liga leve, 265/65 R17 Dimensões: comprimento, 535,4 cm; altura, 182,1 cm; largura, 197,7 cm; entre-eixos, 322 cm; vaõ livre do solo, 23,2 cm; ângulos de ataque/saída, 28°/27°; peso, 2.230 kg; tanque, 80l; caçamba, 1.180 l; capacidade de carga, 1.040 kg View the full article
  19. SiriusXM and Howard Stern announced they are opening up free audio streaming of their full lineup through May 15. Starting today, even if you are not a SiriusXM subscriber, you may download the SiriusXM app or go to SiriusXM.com/streamfree, and listen without the need to input credit card information. “With so many people asked to […] The post Free Sirius and Howard Stern During Pandemic appeared first on ceoutlook.com. View the full article
  20. Press Release (UNEDITED): PHOENIX–MTX Audio, of the MiTek Electronics and Communications Group, is announcing the introduction of all new audio kits and components to their lineup of Polaris RZR audio products. This new offering is primarily in response to the changes that Polaris made in the RZR platform starting with the 2019 Turbo S models […] The post MTX Intros New RZR Audio Kits appeared first on ceoutlook.com. View the full article
  21. Press Release (UNEDITED): LAS VEGAS – Kingpin University, training and installation training facility serving the mobile electronics industry, is presenting two weekly series of online classes designed to keep retail owners and staff sharp during the business downturn. Using Facebook Live, “Thirsty Thursdays” and “Fab Fridays” kick off at 4:00PM PST within the organization’s industry-only […] The post Kingpin Offers Weekly Free Training appeared first on ceoutlook.com. View the full article
  22. Press Release (UNEDITED): LONG BEACH, CA– JVC Mobile Entertainment announced it is collaborating with iDatalink Maestro to provide virtual trainings to authorized dealers this Wednesday, April 1st at 7:00 PM EST, highlighting their exclusive features. JVC has expanded their multimedia lineup to now offer 8 receivers that provide support for iDatalink Maestro RR/RR2, with […] The post JVC Joins with iDatalink for Virtual Training appeared first on ceoutlook.com. View the full article
  1. Load more activity

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...