Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. (17/09/2015)
- Encontro Sound Quality em São Paulo/SP domingo (27/10/2019) *****

Eduardo Novaes

Membro
  • Content Count

    7
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

Dados Adicionais

  • Car Audio installed
    Player: B-Buster 7100<br />- Tampão: Par de 6x9<br />- Portas frontais: mid-bass unlike 90wrms e tweeter bomber BL1;<br />- Porta-malas: sub ativo Smart Box Universal Boog 8" com amplificador integrado.
  • Complete real name
    Eduardo Novaes Gonçalves Júnior

Profile Information

  • Sex
    Masculino
  • City/State/Contry
    Governador Valadares / G
  • Interests
    Eletrônica, amplificadores
  1. Poderiam me ajudar com o subwoofer boog (ACS-860P) ? É um subwoofer 8" com amplificador embutido, "Boog Smartbox 8". Estou com um sub desse aqui há algum tempo e por falta de tempo, acabei deixando encostado. Adquiri esse sub usado, porém ele estava com alguns problemas: 1º - Alguém já tinha "fuçado" na placa do amplificador e feito cag@da. Curto-circuitou o potenciômetro do ganho inutilizando o ganho, forçando o sistema a funcionar no ganho máximo o tempo todo. 2º - Havia um problema que causava falhas no funcionamento, do tipo "mal contato". Ao analisar, descobri que o TDA8563Q estava com um dos terminais quebrado rente ao corpo do CI. Provavelmente devido à vibração do dissipador que é aparafusado nele e não tem outro "apoio mecânico". Fica pendurado só no TDA. 3º - Um "soluço" no falante, mesmo sem entrada de áudio. Na época, procurei em todas as eletrônicas da cidade e nenhuma tinha outro TDA desses. Teria que encomendar e esperar por cerca de 30 dias pra chegar, Mas encontrei o TDA8560Q, que é muito parecido com o TDA8563Q. Analisando os datasheet dos dois, vi que o TDA8560Q tem de diferente somente: SVRR (Supply voltage ripple rejection) à 0 ohm de 45dB contra 60dB do original. Tem também diferença no ganho: 41dB contra 27dB do original. E a Vno (noise output voltage) de 250uV contra 120uV. Demais parâmetros são idênticos. Resolvi trocar o TDA, trocar o potenciômetro do ganho, refazer algumas soldas que estava muito feias e com sintoma de "solda fria". Fiz alguns testes com multímetro, montei de volta e coloquei pra tocar. Resolveu os dois primeiros problemas mas isso não resolveu o 3º problema, que é o sub ficar "soluçando", mesmo sem entrada de áudio. Ele dá pulsos constantes no falante, (com e também sem áudio). Não é aterramento, pois refiz o aterramento. Depois liguei fora do carro, usando uma fonte externa, e o problema continuou. Tirei e testei praticamente todos os capacitores da placa (e substituí praticamente todos). E não resolveu o problema. Esse problema acontece tanto ligado no carro quanto ligado na bancada, com fonte externa. E tanto com sinal de áudio, quanto sem. Observei também que ele não desliga, mesmo sem sinal no fio do remote. Ele tem entrada de baixa impedância (via fios) e de alta impedância (RCA). Essas entradas são direcionadas para um par de AoP (TL074CN), e de lá para as bases de dois BC546 e então para as entradas dos canais do TDA8563Q (amplificador com dois canais 40Wrms cada). Cada canal do TDA é então ligado à uma das bobinas do subwoofer de 8", bobina dupla. Já troquei praticamente todos os capacitores da placa, refiz todas as solda (algumas estavam toscas). Faltou trocar o AoP e o indutor (parece um trafo pequeno mas não é) que tem na placa. Não sei mais o que eu faço. Alguma sugestão?
  2. Valeu unoturbo pela dica. Retirei a solda de todos os componentes da placa e re-soldei todos. Reforcei também todas as trilhas, com solda mesmo. E funcionou. Está ligado aqui testando, usando uma fonte de pc mesmo. Valeu pela dica.
  3. Brother, talvez vc possa me dar alguma dica. Tenho booster "Full Power k500", 2 canais 50W, 4ohms. Estava alimentando um par de mid-bass de 6". O problema é que estava no piso do carro. Choveu, entrou água no carro e cobriu o booster. Não liguei o som, tirei o booster fora, abri, sequei a placa, fiz uma inspeção visual e nada anormal. Liguei com uma fonte de pc e não funcionou. No carro tb não funcionou. Na verdade, ele não amplifica. O som sai bem baixinho, baixo mesmo, quase imperceptível. Testei alguns componentes no multímetro e não identifiquei nada anormal. O que vc sugere? Esse booster morreu?
  4. Atualizando aí: Hoje aproveitei a folga e fiz uns testes e uma modificações. Mudei o cabo RCA de lugar, pra todos os possíveis e o "soluço continuou. Refiz o aterramento e continuou. Mudei o cabo de alimentação por um melhor e de bitola maior, não resolveu. Desconectei o cabo RCA e deixe o sub ligado no cabo de força e recebendo o sinal do REMOTE do player e o soluço continuou. Ou seja, creio que a falha não é no cabo RCA pois sem ele continuou "soluçando". Por eliminação, creio que o amplificador interno do smartbox está com algum problema. Qual outro teste posso fazer?
  5. Bom, essa é uma boa pergunta. Não sei responder com certeza. Mas pelo que li sobre esse CI na net, ele funciona bem tanto mono quanto estereo. Só não tenho como ter certeza, pq como comprei a Smartbox usada, não veio manual e no site não tem muita informação útil. Seguindo as trilhas da placa, as duas entradas enviam o sinal para um filtro e depois para um outro CI (só um CI para os dois canais tb), para depois ser enviado ao TDA8563Q. É dele que saem os dois canais, que no caso são ligados cada um em uma das bobinas do falante (sub 8" bobina dupla 2+2ohms). Estive pensando que talvez seja alguma interferência devido ao aterramento, pois o parafuso onde aterrei está próximo da bomba de gasolina, que no caso do palio está mais ou menos embaixo do meio do banco traseiro. Vou trocar de lugar pra ver se resolve. Quanto aos cabos de alimentação, veio o chicote original de fábrica com fios 4mm2, com conector específico (lembra um borne de plástico). Desse conector saem os fios de alimentação (+), do sinal remoto, do aterramento (-) e dois pares para conexão com a saída do player (como uma opção ao cabo coaxial RCA). O fusível de proteção embutido no amplificador é de 5A.
  6. Pessoal, sou novato aqui no fórum. Já cursei eletro-eletrônica, sou muito curioso e gosto de "brincar" com eletrônica. Bom, estou com uma dúvida e preciso da ajuda de vocês. O som do meu carro (palio G2 Fire EX) está montado com um player Buster (tem somente 1 saída sub RCA mono, uma entrada e 2 saídas RCA comuns, e as saídas "normais" para os falantes: 2 frontais e 2 traseiros). O fabricante diz que tem 45w por canal, coisa que duvido muito. Nas portas da frente do palio tenho midbass 6" com tweeter bomber na capa do espelho (sem potência por enquanto, ligado direto no player)em cada. No tampão tem um par de 6x9 também sem potência. Surgiu uma oportunidade de adquirir um SUB SMARTBOX Universal Boog, com falante de 8", com amplificado interno, usado, por um preço bem bacana. Porém ele estava com alguns "probleminhas". Após analisar a placa e o falante, fechei negócio assim mesmo. Montei o sub com cabo coaxial, seguindo orientações desse forum e de outros do ramo, com cabo coaxial, 75 ohms (não achei de 50 ohms na cidade), malha de 90% e conectores bons (não me lembro a marca). Aterramento feito no parafuso do cinto de segurança central do banco de trás. Os problemas do sub eram: 1º - Alguém já tinha "fuçado" na placa do amplificador e feito cag@da. Curto-circuitou o potenciômetro do ganho inutilizando o ganho, forçando o sistema a funcionar no ganho máximo o tempo todo, "só" porque o potenciômetro estragou. Era mais fácil trocá-lo. 2º - Havia um problema que causava falhas no funcionamento, do tipo "mal contato". Ao analisar, descobri que o CI TDA8563Q está com um dos terminais quebrado rente ao corpo do CI. Provavelmente devido à vibração do dissipador que é aparafusado nele. Procurei em todas as eletrônicas da cidade e nenhuma tinha outro CI desses. Teria que encomendar e esperar por cerca de 30 dias pra chegar, e com um preço relativamente alto para um CI. Mas encontrei o CI TDA8560Q, que é muito parecido com o TDA8563Q. Analisando os datasheet dos dois, vi que o TDA8560Q tem de diferente somente: SVRR (Supply voltage ripple rejection) à 0 ohm de 45dB contra 60dB do TDA8563Q. Tem também diferença no ganho: 41dB contra 27dB do CI original. E a Vno (noise output voltage) de 250uV contra 120uV. Demais parâmetros são idênticos. Resolvi trocar o CI, trocar o potenciômetro do ganho, refazer algumas soldas que estava muito feias e com sintoma de "solda fria". Fiz alguns testes com multímetro, montei de volta e coloquei pra tocar. Gosto de som interno no carro, não gosto de som exagerado. E confesso que fiquei impressionado com esse sub. Pensei que essa "caixinha" não seria grande coisa, mas como toca forte a bixinha !! Pra som interno é muito bom mesmo. (Que fique claro que não sou vendedor e nem trabalho pra fábrica. Na verdade nem conheço a marca. Nem sei se presta. Só citei pra dizer que no meu caso me impressionou.) Mas, "nem tudo são flores". Com o som ligado, percebo que o sub está dando uns "soluços", tanto durante a música, quanto durante a troca de faixa, com o carro ligado e com ele desligado também. É um "soluço" baixo, como se fosse um som parecido com a batida do coração humano, com dois "tum-tum" rápidos, porém com intensidade baixa. Não tem interferência e tô usando com o ganho muito próximo do mínimo (antes da primeira marcação), senão encobre o som dos outros falantes, mas mesmo assim, pra mim já tá ótimo. Percebi também que tem momentos em que o falante faz um movimento muito rápido, sem som, tipo dá uma puxada forte e pára, é visível, mesmo se não tiver música tocando, somente com o sistema ligado. Mas como não tenho costume com subwoofer's (na verdade sou calouro no mundo da sonorização), fiquei preocupado de ser algum outro problema que poderia danificar o falante. E aí, o que pode ser? Será o amplificado com algum outro problema que não percebi? O que pode ser feito pra solucionar esse soluço? E a "puxada", é normal ??? Desde já agradeço.

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...