Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. 
- Campeonato SQ Excperience - Garagem 55 - Móoca - São Paulo/SP - domingo 26/Novembro/2023 *****

Sign in to follow this  
RobôAutoforum

[4r]Novo Lamborghini Revuelto vai muito além da lenda dos motores V12

Recommended Posts

Para poder enfrentar uma crescente concorrência de superesportivos elétricos com potências elevadas, os engenheiros da Lamborghini definiram que o Revuelto, sucessor do Aventador, não poderia fazer por menos e deveria ter potência acima dos 1.000 cv.

Pois eis que o Lamborghini Revuelto chega com 1.015 cv, quase 32% a mais que seu antecessor. E também entrega muito torque: 73,9 kgfm na combinação entre as duas fontes de potência (o motor 6.5 V12 aspirado e três motores elétricos, um para cada roda dianteira e um terceiro, instalado na carcaça da transmissão, no eixo traseiro).

lamborghini revueltoRevuelto calça pneus 265/35 R20, na frente, e 345/30 R21, atrásDivulgação/Quatro Rodas

Com o novo câmbio automático de dupla embreagem e oito marchas (no lugar da caixa manual robotizada de sete velocidades) e a tração nas quatro rodas, o Revuelto é capaz de disparar até os 100 km/h em 2,5 segundos. Em 7 s, já está a 200 km/h e vai nesse ritmo até os 350 km/h de velocidade, momento em que o motor executa sua sinfonia a 9.500 rpm.

lamborghini revueltoAerofólio traseiro aumentou em 66% a pressão aerodinâmicaDivulgação/Quatro Rodas

Estamos diante do mais rápido Lamborghini produzido em série. “No circuito de Nardò (pista circular de alta velocidade, localizada no sul da Itália), o Revuelto é 3 s mais rápido que o Aventador SVJ”, garante o engenheiro Rouven Mohr, o CTO (Chief Technical Officer) da Lamborghini.

Infelizmente não dirigimos o Re-vuelto em Nardò para comprovar, mas felizmente estamos em uma pista: Vallelunga, nos arredores de Roma, onde, em 2011, a fabricante deu à luz o Aventador.

lamborghini revueltoVetorização ativa de torque se junta ao eixo traseiro direcionalDivulgação/Quatro Rodas

Com estrutura de fibra de carbono e portas de alumínio, o superesportivo exibe relação peso/potência de apenas 1,75 kg/cv (a melhor na história da Lamborghini). Como comparação, no Aventador a relação é de 1,99 kg/cv. Na dianteira, os engenheiros desenvolveram elementos estruturais que eles definem como “monofuselagem”, inspirados na aeronáutica. Na prática, permite ganhos relevantes em termos de peso e rigidez torcional: a Lamborghini informa que o chassi ficou 10% mais leve, e a rigidez torcional subiu 25%, garante a fabricante.

Continua após a publicidade
lamborghini revueltoFreios cerâmicos garantem eficiência nas frenagens sem sinais de fadigaDivulgação/Quatro Rodaslamborghini revueltoApêndices aerodinâmicos melhoram a performance do carro, facilitando a passagem do ar e ajudando a refrigerar motor e freiosDivulgação/Quatro Rodas

É difícil ficar indiferente diante deste corpo agachado e crivado de vincos, grandes entradas de ar e uma larga luz de freio que ilumina sutilmente a traseira do imponente V12 (pela primeira vez totalmente à mostra). As ponteiras duplas hexagonais de escape estão em posição elevada, no mesmo nível das lanternas em forma de Y.

 

Como é tradição na marca, há fibra de carbono visível no painel, no revestimento das portas e nas saídas de ventilação. Tal como já ocorre na rival Ferrari, o passageiro tem acesso à sua própria tela, de 9,4”. De forma prática e divertida, as informações podem ser transferidas da tela central para qualquer uma das laterais com simples movimentos de dois dedos.

lamborghini revuelto<span class="hidden">–</span>Divulgação/Quatro Rodas

Os quatro pequenos comandos rotativos nos raios do volante servem para selecionar os modos de dirigir (Città, Strada, Sport e Corsa), da bateria (Recharge, Hybrid e – com Sport e Corsa – Performance), a elevação do nariz do carro (em 3 cm, para evitar toques com o solo) e a inclinação do aerofólio traseiro.

Compartilhe essa matéria via:

“O motorista tem ao seu dispor 13 ajustes gerais, dependendo de onde e como está dirigindo”, diz Mohr.

lamborghini revuelto<span class="hidden">–</span>Divulgação/Quatro Rodas

A potência máxima varia em função do modo selecionado: 180 cv em Città, 886 cv em Strada, 907 cv em Sport e o total de 1.015 cv em Corsa. A autonomia no modo puramente elétrico é de apenas 13 km. O engenheiro Matteo Ortenzi, diretor de produto do Revuelto, esclarece que “o objetivo deste sistema de propulsão é o de servir um superesportivo, com ajuda elétrica para baixar emissões e melhorar performance, não torná-lo um híbrido plug-in comum”.

Continua após a publicidade
lamborghini revueltoPassageiro tem tela com as informações dos instrumentosDivulgação/Quatro Rodas

Mesmo que o espaço interior não esteja entre os principais atributos de um superesportivo, o Revuelto oferece mais espaço na cabine que o Aventador. São 2,6 cm em altura e 8,4 cm adicionais para pernas (a distância entre-eixos aumentou 8 cm), ao mesmo tempo que passa a acomodar uma bolsa de golfe atrás dos bancos, além de duas malas de cabine de avião no porta-malas dianteiro.

Trovões e sussurros

lamborghini revuelto

Enquanto o motor 6.5 V12 atmosférico troveja atrás dos dois ocupantes, dois motores elétricos de 150 cv sussurram no eixo dianteiro ao produzir 35,7 kgfm adicionais de torque cada um. Isso sem contar o terceiro, de mesmo rendimento, na traseira. Os três motores elétricos são alimentados por uma pequena bateria de 3,8 kWh, que pode ser carregada em 30 minutos.

O Autódromo de Vallelunga, 32 quilômetros ao norte de Roma, foi o escolhido pela Lamborghini para os primeiros testes de imprensa do Aventador, em 2011, e voltou agora a ser o palco para o batismo de seu sucessor. Ali, chegamos a 275 km/h, numa missão facilitada pelos comandos ao alcance das mãos.

lamborghini revueltoBancos do tipo concha têm acabamento luxuosoDivulgação/Quatro Rodas

Sendo o Lamborghini de série mais rápido da história, desnecessário dizer que o Revuelto é inacreditavelmente rápido, apesar dos 160 quilos a mais que o Aventador. Afinal, o novo câmbio automático é mais pesado que o anterior, há uma bateria de íons e três motores elétricos.

Continua após a publicidade

O que se perde com esse incremento de peso, para 1.772 quilos? Pouco ou nada. A relação peso/potência é mais favorável, o carro é muito mais ágil em curva devido ao eixo traseiro direcional (anulando eventuais efeitos negativos do aumento da distância entre-eixos em 8 cm) e, claro, o consumo é consideravelmente mais baixo. Os números ainda não foram homologados, mas, partindo do objetivo da Lamborghini de reduzir as emissões em cerca de 35% em relação ao Aventador, espera-se uma média WLTP na ordem de 8 km/l.

lamborghini revueltoBotão de partida fica sob tampa no consoleDivulgação/Quatro Rodas

Embora a aceleração até 200 km/h em 7 segundos seja algo fascinante, há outros atributos ainda mais impressionantes no Revuelto, caso do V12 berrando nas costas para quem quiser ouvir, até pela inexistência de alguma película de vidro ou plástico a cobri-lo (entre ele e a cabine, existe uma pequena vigia de vidro).

Mesmo um motorista sem dotes sobrenaturais de piloto consegue ser rápido ao volante, após alguns quilômetros de familiarização. E quando chegam as curvas? Uma vez mais, o motorista é levado a pensar que nasceu para isso. A frenagem, a cargo de discos cerâmicos avantajados, é brutal, sempre com uma fortíssima pegada inicial e sem vestígios de fadiga. Além disso, a asa traseira tem carga aerodinâmica 66% superior à do Aventador (a fábrica não divulgou qual a pressão aerodinâmica esse apêndice é capaz de criar).

lamborghini revueltoCentral é grande sem dominar a cena na cabineDivulgação/Quatro Rodas

Este superesportivo junta vetorização de torque ativa a um eixo traseiro direcional, o que se traduz numa combinação de precisão e agilidade. Isso acontece, também, porque foi definido um ângulo de esterçamento muito diminuto para as rodas traseiras, evitando a sensação de que primeiro vira a frente e depois a traseira (efeito de empilhadeira).

De acordo com a Via Italia, representante da Lamborghini no Brasil, ainda sem preço oficial, o modelo está previsto para desembarcar no país no final do primeiro semestre de 2024. Na Europa, o Revuelto custa 654.293 euros (R$ 3.500.000).

Continua após a publicidade

Veredicto Quatro Rodas – Revuelto é presença obrigatória em garagens que guardam superesportivos.

Ficha Técnica – Lamborghini Revuelto

Preço: 654.293 euros
Motor: híbrido, V12, tras. long. 6.496 cm3, 825 cv, 73,9 kgfm; 3 elétricos (diant., tras., central), 150 cv, 35,7 kgfm (cada), total, 1.015 cv
Bateria: íons de lítio, 3,8 kWh
Câmbio: autom., DSG, 8 m., 4×4
Suspensão: duplo A, nos dois eixos
Direção: elétrica
Freios: disco cerâmico vent.
Pneus: 265/35 R20 (diant.), 345/30 R21 (tras.)
Dimensões: compr., 494,7 cm; larg., 203,3 cm; alt., 116 cm; entre–eixos, 277,9 cm; peso, 1.772 kg
Desempenho*: 0 a 100 km/h, 2,5 s; vel. máx., 350 km/h, consumo (WLTP), 8 km/l

*Dados de fábrica

Publicidade

View the full article

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...