Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. (17/09/2015)
- Encontro Som de Qualidade em São Paulo/SP domingo  21/Novembro/2021 *****

Sign in to follow this  
RobôAutoforum

[4r]Trocar os pneus do Chevrolet Onix Plus foi mais barato na concessionária

Recommended Posts

O TWI, um ressalto dentro dos canais dos pneus, indica o fim da vida útil deles, pelo menos legalmente. Quando a banda de rodagem os alcança, significa que chegou ao limite legal de 1,6 mm de profundidade. Mas os pneus podem deixar o carro inseguro antes que alcancem esse limite.

Black Friday! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

A repórter Isadora Carvalho percebeu isso na prática ao volante do nosso Chevrolet Onix Plus. “Precisei enfrentar um temporal na Rodovia Anhanguera, a caminho de Limeira. Era tanta chuva que o carro aquaplanava só com a água correndo na pista para ser drenada. Tirava o pé, reduzia a velocidade e continuava sentindo o carro deslizando lateralmente”, conta.

Medimos os sulcos com paquímetro e estavam, em média, a 1,4 mm do TWI, 2,8 mm no total. Por sinal, em alguns países da Europa recomenda-se que, em períodos de chuva, não sejam usados pneus com sulcos com menos de 2,5 mm.

Aproveitamos a revisão dos 70.000 km para também trocar os quatro pneus e aí, sim, alinhar e balancear rodas e pneus. Agendamos o serviço na Pedragon da Vila Olímpia, em São Paulo, e logo na recepção avisamos sobre o erro na assistência da direção elétrica e da troca do filtro antipólen do ar-condicionado.

Longa-Duracao-Chevrolet-Onix-1.jpgErro na direção elétrica reapareceu, mas concessionária disse que não poderia resolver na revisãoLeonardo Barboza/Quatro Rodas

O orçamento, porém, foi apresentado com alinhamento, balanceamento e a limpeza do ar-condicionado. Quando questionamos sobre o erro na direção, o técnico disse que não teria o que fazer, pois o sistema da Chevrolet estava fora do ar na concessionária.

Passados 45 minutos, óleo do motor, filtros de óleo, de combustível e o anel do bujão do cárter já estavam trocados e o carro, liberado. Foi quando apresentaram o orçamento para a troca dos pneus: R$ 625 cada pneu Bridgestone e R$ 160 pelo alinhamento e balanceamento. Um total de R$ 2.660.

Perguntamos novamente sobre o erro da direção, mas só após o pagamento da revisão (R$ 592 e R$ 80 pelo filtro de cabine) disseram que o responsável pelo scanner só voltaria à oficina dali a dois dias.

Continua após a publicidade

Buscamos outra concessionária que pudesse resolver o problema no mesmo dia. Chegamos à Chevrolet Vigorito do Ipiranga e perguntamos se poderiam resolver o erro da direção. A primeira dúvida do técnico foi se o carro havia ficado sem bateria. Dissemos que não, então falou que iria desligar e ligar novamente a bateria, o que poderia resolver. A única coisa que conseguiu, porém, foi desprogramar os vidros elétricos. Teríamos, então, que retornar outro dia.

Longa-Duracao-Chevrolet-Onix-4.jpgPneus originais durariam um pouco mais que 70.000 km sem infringir a lei, mas foi mais seguro antecipar a trocaLeonardo Barboza/Quatro Rodas

“Vi vários pneus empilhados pela loja e aproveitei para orçar a troca dos quatro pneus e o atendimento até mudou”, conta o piloto de testes Leonardo Barboza. Para cada ContiPowerContact 2, medida 195/55 R16 87H, idênticos aos originais, pediram R$ 460, mais R$ 150 pelo alinhamento e montagem e balanceamento grátis.

No total R$ 1.990, quando em lojas especializadas cotamos a R$ 475 e R$ 499 fora os serviços, pagos à parte. De fato, às vezes pode ser mais barato trocar os pneus nas concessionárias. Mais barato até do que na internet, onde ainda teríamos que pagar o frete.

Foi só dizer que faríamos a troca dos quatro, que o técnico aproveitou e pediu a um colega para passar o scanner e corrigir o erro da direção elétrica – sim, aquilo que deveríamos retornar em um outro dia para resolver.

Longa-Duracao-Chevrolet-Onix-2.jpgFizemos a substituição por novos idênticos aos originais do Onix PremierLeonardo Barboza/Quatro Rodas

“Quando retirou as rodas, o técnico veio falar que as pastilhas de freio, que trocamos aos 60.000 km, estavam no fim. Vi que estavam boas e disse que trocaria no mês seguinte. O mecânico argumentou que daria para rodar mais 1.000 km”, conta Barboza.

Com os novos pneus montados, balanceados e instalados no carro, passaram o scanner e o carro ativou o modo de aprendizado da direção elétrica. Foram aproximadamente dez minutos em um processo que manda girar o volante para todos os lados, deixar reto, abrir portas e desligar a ignição. Feito isso, testaram o Onix Plus dentro da oficina e o levaram para a rampa de alinhamento. Foi nessa hora que recebemos a ordem de serviço.

Longa-Duracao-Chevrolet-Onix-3.jpgConcessionária ainda quis trocar as pastilhas de freio, substituídas há apenas 10.000 kmLeonardo Barboza/Quatro Rodas

De acordo com o técnico, a reprogramação da direção custaria R$ 150, mas foi cortesia. Não é verdade, pois é um serviço feito em garantia. “Na hora que trouxeram o carro, ainda vi que ele estava sem as tampinhas dos bicos dos pneus. Procuraram, não encontraram as corretas (cinza) e colocaram outras, pretas.

Na Fukuda Motorcenter, verificamos o serviço das duas concessionárias. A Pedragon fez todo o serviço corretamente, mas a Vigorito se esqueceu da atualização da posição dos sensores dos pneus após a montagem. Os eixos estavam trocados, então corrigimos a posição dos pneus para não termos mais problemas. O erro da direção elétrica, que já apareceu outras vezes, sumiu mais uma vez. Só não sabemos até quando.

Chevrolet Onix Plus – 70.227 km

Ficha técnica:
Versão: Premier 1.0 12V Turbo
Motor: 3 cilindros, dianteiro, transversal, 999 cm3, 12V, turbo, 116/116 cv a 5.500 rpm, 16,8/16,3 mkgf
a 2.000 rpm
Câmbio: Automático, 6 marchas, tração dianteira
Seguro: R$ 1.112 (Perfil Quatro Rodas)
Revisões: Até 60.000 km – R$ 3.012
Gasto no mês: Combustível: R$ 1.903
Revisão: R$ 672
Pneus: R$ 1.990
Consumo: No mês: 2,6 km/l com 29% de rodagem na cidade
Desde dez/19: 13,2 km/l com 29,3% de rodagem na cidade
Combustível: Flex (gasolina)

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

CAPA 751 quatro rodas

Continua após a publicidade

The post Trocar os pneus do Chevrolet Onix Plus foi mais barato na concessionária appeared first on Quatro Rodas.

View the full article

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...