Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. (17/09/2015)
- Encontro Sound Quality em São Paulo/SP domingo (27/10/2019) *****

Sign in to follow this  
GuiTaR

BassBox 6 duvidas

Recommended Posts

Boa noite,

quero pedir ajuda dos usuarios mantem um conhecimento melhor sobre bassbox,

para analisarmos, e elucidarmos sobre algumas questões do basboox, afim, de manter a qualidade dos projetos, por qualquer pessoa qe o faça.

 

bb6.png

 

As duvidas ficariam por conta dos parametros:

QL, QX, QLv.

 

Como podemos chegar a um valor em definitivo, para podermos alimentar o sistema.

A ponto de termos conhecimento, para tambem sabermos o que estamos fazendo.

E não apenas lançando numeros irreconhecidos no sistema.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dae Guitar,

 

Essas especificações QL e QLv, também não sei como utilizar, porém simulo as caixas normalmente e não percebo diferença sem eles.

 

Essa outra especificação QX, também nunca utilizei, por que sempre simulo as caixas vented box, e nessa opção não necessita desse parâmetro sendo mais fácil fazer o projeto.

 

Vou tentar me informar a respeito dessas especificações se conseguir alguma coisa posto aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois é, entendo totalmente, eu nunca senti diferença ao usar o QLv nos dutos,

porem no QL e QX, temos uma curva com uma mudança boa, seria interessante uma analise e esclarecimentos desses dados.

Sei que o Renan da Questo ou Omega Driver, costuma usar bastante esses dois dados QL e QX, de repente poderia aparecer para nos ajudar, ou até algum outro user, que manja bastante ou tenha lido o manual ingles e tenha entendido do que se passa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala Maurício, tudo bem?

 

Nossa, depois de tanto tempo longe do fórum, cá estou eu novamente! Isso é um vício, se não me manter afastado, passo o dia inteiro aqui e me atraso com o meu dia a dia.. hehehe

 

Mas atendendo a tua solicitação, vamos lá:

 

QL (Q Losses) - Vator de perdas por vazamento. Richard Small defendeu nos seus trabalhos que um valor padrão de vazamento em caixas de madeira convencional, giram em torno de 7 a 10. Contemplando uma caixa extremamente bem vedada, ainda assim existem poucos vazamentos pela estrutura mecânica do falante. Por padrão, o BassBox contempla 7, o que é muito aceitável na maioria dos casos... Se vc tiver como fazer uma comparação entre o sinal emitido e o SPL real do falante, tem como modelar essas perdas.. mas sinceramente, é muito trabalho para o mínimo de resultado. Vale apena se vc pretende fazer uma caixa hi-end com componentes realmente bons. Se essa é a ideia, sugiro partir para um software mais completo como o LEAP, que trabalha em conjunto com o LMS (Ambos da Linear X). O LMS mede os parâmetros lineares e não-lineares do falante e importa essas respostas para o LEAP, este por sua vez simula todas as componentes do conjunto, inclusive o ambiente a ser trabalhado. Eu tenho o sistema aqui caso precise desse tipo de serviço.

 

Qx (Q Xover) - Plataforma do filtro a ser utilizado. Exceto com a utilização de processador, a grande maioria dos crossovers usam HPF com topologia Butterworth, e esse valor fica próximo de 0,707. Se vc conhecer bem o filtro que estiver usando, pode implementar esse valor.. Existem tabelas para isso na internet, ou se preferir, vc pode medir.

 

QLv (Q Losses Vent) - Vator de perdas do duto. Assim como no QL, existe um padrão de perdas no duto por resistência a passagem do ar, ou mesmo vazamentos. Particularmente eu não coloco valores nesse campo, pois deixo a cargo do software calcular, de acordo com as informações que coloquei em relação a estrutura do duto.

 

Espero ter ajudado.

 

Grande Abraço,

 

RenanLopes

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala Maurício, tudo bem?

 

Nossa, depois de tanto tempo longe do fórum, cá estou eu novamente! Isso é um vício, se não me manter afastado, passo o dia inteiro aqui e me atraso com o meu dia a dia.. hehehe

 

Mas atendendo a tua solicitação, vamos lá:

 

QL (Q Losses) - Vator de perdas por vazamento. Richard Small defendeu nos seus trabalhos que um valor padrão de vazamento em caixas de madeira convencional, giram em torno de 7 a 10. Contemplando uma caixa extremamente bem vedada, ainda assim existem poucos vazamentos pela estrutura mecânica do falante. Por padrão, o BassBox contempla 7, o que é muito aceitável na maioria dos casos... Se vc tiver como fazer uma comparação entre o sinal emitido e o SPL real do falante, tem como modelar essas perdas.. mas sinceramente, é muito trabalho para o mínimo de resultado. Vale apena se vc pretende fazer uma caixa hi-end com componentes realmente bons. Se essa é a ideia, sugiro partir para um software mais completo como o LEAP, que trabalha em conjunto com o LMS (Ambos da Linear X). O LMS mede os parâmetros lineares e não-lineares do falante e importa essas respostas para o LEAP, este por sua vez simula todas as componentes do conjunto, inclusive o ambiente a ser trabalhado. Eu tenho o sistema aqui caso precise desse tipo de serviço.

 

Qx (Q Xover) - Plataforma do filtro a ser utilizado. Exceto com a utilização de processador, a grande maioria dos crossovers usam HPF com topologia Butterworth, e esse valor fica próximo de 0,707. Se vc conhecer bem o filtro que estiver usando, pode implementar esse valor.. Existem tabelas para isso na internet, ou se preferir, vc pode medir.

 

QLv (Q Losses Vent) - Vator de perdas do duto. Assim como no QL, existe um padrão de perdas no duto por resistência a passagem do ar, ou mesmo vazamentos. Particularmente eu não coloco valores nesse campo, pois deixo a cargo do software calcular, de acordo com as informações que coloquei em relação a estrutura do duto.

 

Espero ter ajudado.

 

Grande Abraço,

 

RenanLopes

:blink:[-]:rever1:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala Maurício, tudo bem?

 

Nossa, depois de tanto tempo longe do fórum, cá estou eu novamente! Isso é um vício, se não me manter afastado, passo o dia inteiro aqui e me atraso com o meu dia a dia.. hehehe

 

Mas atendendo a tua solicitação, vamos lá:

 

QL (Q Losses) - Vator de perdas por vazamento. Richard Small defendeu nos seus trabalhos que um valor padrão de vazamento em caixas de madeira convencional, giram em torno de 7 a 10. Contemplando uma caixa extremamente bem vedada, ainda assim existem poucos vazamentos pela estrutura mecânica do falante. Por padrão, o BassBox contempla 7, o que é muito aceitável na maioria dos casos... Se vc tiver como fazer uma comparação entre o sinal emitido e o SPL real do falante, tem como modelar essas perdas.. mas sinceramente, é muito trabalho para o mínimo de resultado. Vale apena se vc pretende fazer uma caixa hi-end com componentes realmente bons. Se essa é a ideia, sugiro partir para um software mais completo como o LEAP, que trabalha em conjunto com o LMS (Ambos da Linear X). O LMS mede os parâmetros lineares e não-lineares do falante e importa essas respostas para o LEAP, este por sua vez simula todas as componentes do conjunto, inclusive o ambiente a ser trabalhado. Eu tenho o sistema aqui caso precise desse tipo de serviço.

 

Qx (Q Xover) - Plataforma do filtro a ser utilizado. Exceto com a utilização de processador, a grande maioria dos crossovers usam HPF com topologia Butterworth, e esse valor fica próximo de 0,707. Se vc conhecer bem o filtro que estiver usando, pode implementar esse valor.. Existem tabelas para isso na internet, ou se preferir, vc pode medir.

 

QLv (Q Losses Vent) - Vator de perdas do duto. Assim como no QL, existe um padrão de perdas no duto por resistência a passagem do ar, ou mesmo vazamentos. Particularmente eu não coloco valores nesse campo, pois deixo a cargo do software calcular, de acordo com as informações que coloquei em relação a estrutura do duto.

 

Espero ter ajudado.

 

Grande Abraço,

 

RenanLopes

 

 

Ai sim ei........... :legal:

 

Renan, já li aqui no forum varias informações sobre o bass box, mas ainda algumas lacunas ficam as duvidas, você que tem conhecimento legal, e se tiver mais alguém, seria interessante um tópico bem detalhado desse software o que acha....... :vts

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ai sim ei........... :legal:

 

Renan, já li aqui no forum varias informações sobre o bass box, mas ainda algumas lacunas ficam as duvidas, você que tem conhecimento legal, e se tiver mais alguém, seria interessante um tópico bem detalhado desse software o que acha....... :vts

 

Mas o Kiko, coloca ai as duvidas que o pessoal vai se ajudando, isso é o ideal, as vezes uma aulinha nao basta, pq a gente aprende muito com a pratica no software, mas onde fica a duvida, a gente vem aqui e arrebenta ela a pau hsuahushua

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas o Kiko, coloca ai as duvidas que o pessoal vai se ajudando, isso é o ideal, as vezes uma aulinha nao basta, pq a gente aprende muito com a pratica no software, mas onde fica a duvida, a gente vem aqui e arrebenta ela a pau hsuahushua

 

Então vamos lá, kkkkkkkk

 

Na opção driver onde coloca os parâmetros do falante, tem uma aba chamada response como configurar essa parte ?

 

Não estou conseguindo postar as fotos......... :blink:

Share this post


Link to post
Share on other sites

já que pediram as dúvidas

kkkk

 

Eu queria saber sobre as abas

explicar o que cada uma significa de uma forma que "leigos" entendam

 

NA

CA

AP

EU

CD (excursão do cone)

VV (sopro no duto)

I

P

GD

 

as caixas que simula sempre ficam com pico em torno de 70 a 80 htz

só simulo pioneer

a partir de quantos db está bom etc

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então vamos lá, kkkkkkkk

 

Na opção driver onde coloca os parâmetros do falante, tem uma aba chamada response como configurar essa parte ?

 

Não estou conseguindo postar as fotos......... :blink:

 

Vc pode medir a curva de resposta do falante em baffle infinito e importar o arquivo ".txt" gerado pela grande maioria dos software de RTA, ou se preferir, pega a curva de resposta fornecida pelo fabricante e vai incluindo a sensibilidade em cada frequencia, até modelar a curva dele... Isso ajuda a ter uma simulação mais real, já que esses softwares de simulação contempla a "curva elétrica" do falante.. então com essa aba vc pode ter uma visão do que acontece com a resposta acústica.

 

já que pediram as dúvidas

kkkk

 

Eu queria saber sobre as abas

explicar o que cada uma significa de uma forma que "leigos" entendam

 

NA

CA

AP

EU

CD (excursão do cone)

VV (sopro no duto)

I

P

GD

 

as caixas que simula sempre ficam com pico em torno de 70 a 80 htz

só simulo pioneer

a partir de quantos db está bom etc

 

NA - Resposta Normalizada. Serve para vc avaliar os ganhos em cada região, com referência ao "0dB". Legal para avaliar quanto de ganho terá em uma determinada frequencia e os slopes de decaimento, -6dB, -12dB (Closed box), -24dB (Vented box)...

 

CA - Resposta em Amplitude. Nesta aba vc pode incluir a potência aplicada e avaliar a pressão sonora atingida. Como o bassbox não contempla os momentos não lineares do falante essa aba te dar um norte, mas não é tão precisa, já que não contempla as perdas do sistema;

 

AP - Potência Acústica. Nesta aba vc pode avaliar aonde o sistema começa a perder pressão sonora por limitação do conjunto caixa + falante. Sugestão é aplicar o HPF aonde a curva começar a cair;

 

EU - Potência Elétrica. Basicamente a mesma coisa da aba anterior, mas neste caso mosta a potência vista pela bobina;

 

CD (excursão do cone) - Deslocamento total do cone. Serve para avaliar os limites do sistema, principalmente em regimes de alta potência, e definir aonde se pode aplicar "bass booster" (deslocamento mínimo esta na sintonia) e avaliar o controle do cone a partir da aplicação dos filtros;

 

VV (sopro no duto) - Velocidade do Ar no duto. O ideal é manter o mais baixo possivel para evitar sopros e coloração. Small defende a teoria de que esse valor não pode exceder 5% da velocidade do som, ou seja algo próximo de 17m/s.. O Software limita em 10% - 34m/s;

 

I - Curva de impedância. Ideal para definir a impedância mínima do sistema, que fica localizada justamente na sintonia da câmara;

 

P - Resposta em Fase. Serve para avaliar as mudanças de fase do sistema (note que ela trabalha nos ciclos positivos e negativos). Devemos ter cuidado para não posicionar o ponto de crossover justamente numa rotação de fase, pois ai o resultado é uma porcaria só.. não irá existir interação nenhuma entre as vias (a não ser com uso de processador de sinais, claro.. mas o ideal é que a caixa já venha sem problemas);

 

GD - Atraso em Grupo. Define os atrasos (retubancia) que o sistema terá de acordo com a frequencia. Quanto maior o valor, mais tempo o som se sustenta em uma determinada região de frequencia.. tem que goste desse valor praticamente zerado, e tem que goste de graves mais prolongados.. É uma questão de gosto.

 

Grande abraço,

 

RenanLopes

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Grande Renan, tirando duvidas, pro geral aqui da rapaziada, ótimas explicações Renan, bem explanas, e tranquilas, de facil entendimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aproveito para lembrar que nos meus cursos de caixas acústicas falo sobre curva de impedância e abordo quase 2hs de BassBox e dicas de uso!

 

RenanLopes

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aproveito para lembrar que nos meus cursos de caixas acústicas falo sobre curva de impedância e abordo quase 2hs de BassBox e dicas de uso!

 

RenanLopes

Não sabia que tu eatava dando cursos! Legal, posta aqui no forum quando tiver algum

;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aproveito para lembrar que nos meus cursos de caixas acústicas falo sobre curva de impedância e abordo quase 2hs de BassBox e dicas de uso!

 

RenanLopes

 

Eu participei e recomendo fortemente!

 

Rodrigo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Eu participei e recomendo fortemente!

 

Rodrigo.

Onde? Quando? Quanto? Onde foi divulgado?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiquei interessado pois não sei PN...

 

... claro, se exigir algum conhecimento ferrou pasmafaute

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Onde? Quando? Quanto? Onde foi divulgado?

 

Aconteceu em Novo Hamburgo, foi divulgado no Facebook do Renan.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Óia! Gostei desse tópico!!! :rever1: :rever1: :rever1:

 

Quando eu chegar em casa já vou brincar com o Bass Box 6 HEHEHE. [¨]

Edited by Dudu Lima

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...