Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. (17/09/2015)
- Encontro Som de Qualidade em São Paulo/SP domingo  21/Novembro/2021 *****

Sign in to follow this  
Murimob

Teor zero de álcool para motorista

Recommended Posts

Essa lei seca começou bem na época da minha formatura e da minha esposa. Já tínhamos comprado caixas e mais caixas de bebidas hehehe, quase ninguém tomou. sobrou muita coisa.

 

Meses depois em outras formaturas o pessoal começou a secar as garrafas novamente... por que? simplesmente pq a lei seca não vingou.

 

Continuo na mesma, não bebo até cair, mas também não vou deixar de dirigir pq eu tomei uma cerveja na casa do meu pai no almoço de domingo.

 

:legal:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não concordo com a Lei, mas sim com a mudança de pensamento, como disse o Doktor.

Já rodei numa BR por estar dirigindo alcoolizado, por sorte absolutamente nada aconteceu, até hoje não sei como.

Aprendi da forma difícil, o bom seria que nem todos precisassem aprender assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Perfeito seu ponto de vista. Aproveitando que você é médico, realmente existe o tal distúrbio alimentar que transforma algumas substâncias presentes em alimentos em álcool com a digestão? Lembro que certa vez vi na TV, mas não consegui encontrar na internet...

 

Olá Murimob,

Na verdade não. Durante a digestão podem ser formados metabólitos do álcool como o acetaldeído entre outros, mas não chegam a interferir no teste do bafômetro e não produzem os efeitos depressores no sistema nervoso central que o álcool provoca.

Muitas pessoas também escutam que diabéticos podem ter resultados falsos positivos, mas na verdade não é bem assim.

Os diabéticos, principalmente os do tipo 1, podem provocar um estado de cetoacidose diabética. Esse quadro clínico, é em função do excesso de glicose que se acumula na corrente sanguínea. Não vou entrar em muitos detalhes, mas para resumir, esse distúrbio leva à produção excessiva de corpos cetônicos que são compostos que deixam o nosso metabolismo mais "ácido". Em casos mais extremos, essa acidose metabólica poderia causar um falso positivo. Mas para que isso aconteça, a pessoa estaria extremamente descompensada e muito provavelmente sem consciência. Então essa desculpa não funciona. Não obstante, não são todos os tipos de bafômetros que detectam os corpos cetônicos, aqui no Brasil, que eu saiba não utilizam esse tipo de equipamento.

 

Abraços

Edited by Doktor
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só aproveitando que a discussão tá boa:

 

SIM, eu aprovo a lei!

SIM é errado beber e dirigir qualquer quantidade de álcool.

 

Imaginem o seguinte, quando criou-se a lei da Maria da penha, teve um monte de cara falando: mas eu não mato a minha mulher, eu bato nela só para ela aprender o que é certo, eu tenho consciência.. sei a hora de parar, tem nego ai que bate de mais ai fode tudo... mas eu dou só uns tapões para ela aprender a me respeitar.

 

Soa absurdo isso né, mas é isso mesmo que 90% de vocês tão falando, que pode beber só um pouco, que sabe a hora de parar....

 

Como alguém falou ai, isso é cultural! beber hoje é aceitável, por isso dirigimos depois sem peso na consciência e achamos que não estamos cometendo nenhum mal.

 

E não tem essa de bebeu listerine, comeu bombom com rum.... isso não acusa no bafômetro.

 

FATO: bebeu, vc vai ter reações mais devagar, perceba você ou não. Se você vai causar ou não um acidente é outra história.

 

Eu bebo nos finais de semana, e quando bebo a minha mulher dirige. Se eu dirigo sei que cometo uma infração da mesma forma quando a gente fura um farol, anda a 150 numa rodovia.... lei não é feita do nada, Ela é feita para que a sociedade viva em harmonia, JUSTAMENTE, por que não se pode contar com o bom senso das pessoas.

 

Se todo mundo tivesse um alto grau de moralidade e civilidade, não existiriam roubos, assaltos......

 

Na china existe uma lei contra cuspir no chão! Você paga um multa equivalente a uns R$100,00. Por que isso era da cultura deles e o governo sabe que isso é repugnante para os ocidentais.....

 

Realmente, não acho que deixar a lei mais rígida vai resolver o problema, a questão no Brasil sempre é a impunidade e fiscalização. Sou de são paulo e acho que faz mais de ano que não vejo uma blitz lei seca...

 

Mas a lei rígida vai garantir que os poucos que forem pegos sejam punidos exemplarmente ( assumindo que não tenham jeitinhos) Mas a função do legislativo e fazer a lei! Eles tão fazendo a parte deles, o Judiciário tem que prender e condenar!

 

E você faz a sua respeitando a lei!

 

Tenho 33 anos, já bebi muito, passei mal, vomitei, dirigi lokão, tirei racha... fiz todas as bostas que a maioria das pessoas de um fórum de carros acaba fazendo em algum momento da vida... Não estou aqui para julgar ninguém... mas temos que assumir responsabilidades sobre os nossos atos.

 

NUNCA paguei um suborno, já tomei multa e esculacho quando tive carro tunado, quem se lembra da minha strada sabe que chamava atenção ( que alías tá no meu avatar até hj...rs....)

NUNCA soneguei imposto. Este ano paguei quase R$2mil de IR.... é fo**....

NUNCA paguei o despachante pra dar um jeitinho com multa, pontos ou renovação de CNH....

 

Sou coxinha????? Não! Por fazer as coisas certas me reservo no direito de reclamar de quem faz errado!

 

Se não daqui a pouco o que aconteceu na USP é valido, afinal que direito tem a polícia de prender dois garotos que só tavam fumando ma*****, não mataram ninguém né.....

 

Só lembrando pessoal: discutam com idéias e não com pessoas!

 

Abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Sou coxinha????? Não! Por fazer as coisas certas me reservo no direito de reclamar de quem faz errado!

 

 

 

Esses dias aqui no forum um cara falou "eu ando sempre acima do limite, tenho carro 1.0 baratinho é pra isso mesmo, se bater não tô nem aí"...

 

Eu emiti uma opinião contrária ao que esse usuário relatou...Chegou gente que não tinha nada a ver com a história pra defender o cara dizendo que "o carro é dele e eu não tenho nada a ver com a vida do cara"...

 

Bicho, será que a pessoa que apoia isso é um ser PENSANTE? Então quer dizer que o cara toma uma fechada e vai pensar "ah, deixa ele...O carro é dele, ele pode me fechar sim"...

 

 

Quando vc escreveu algo tipo: que as leis são justamente pq as pessoas não tem bom senso, eu achei sua colocação perfeita! Pessoas que tem esse "senso libertário" pra mim é que nem o pessoal dos direitos humanos...Um monte de gente que vive num mundo em que árvores são pirulitos, nuvens são algodão doce, rios são suquinhos gostosos, só tem coelhinho rosa e todo mundo se ama...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mano, se eu ficar tonto a ponto de ficar alegre demais, posso esperar a morte no dia seguinte...É PT na certa...A última vez que bebi demais, acordei todo vomitado e lembro vagamente de ter sufocado enquanto dormia e o pior é que eu estava sozinho...Quase morri...Depois disso, nunca mais. Meu limite geralmente é a minha primeira ida ao banheiro kkkkkkkk

Huhsahuasuhashuas Eu sou econômico, Murimob, rapidinho fico louco aushauhsauhsahuashu Nunca passei por esse tipo de coisa não, minhas cachaças sempre foram contidas. Já aconteceu de eu só lembrar flashes do dia anterior, mas nunca de ficar vomitando depois sahuasuhsahuhuas

Imaginem o seguinte, quando criou-se a lei da Maria da penha, teve um monte de cara falando: mas eu não mato a minha mulher, eu bato nela só para ela aprender o que é certo, eu tenho consciência.. sei a hora de parar, tem nego ai que bate de mais ai fode tudo... mas eu dou só uns tapões para ela aprender a me respeitar.

 

Soa absurdo isso né, mas é isso mesmo que 90% de vocês tão falando, que pode beber só um pouco, que sabe a hora de parar....

Essa comparação foi completamente descabida. Uma coisa é beber até certo ponto, que é provado pela ciência que não tem impacto nos reflexos nem na reação (uma taça de vinho, por exemplo). Outra coisa completamente diferente é dar um tapa na mulher. Em um você está exercendo seu direito de beber com moderação, fazer algo que não vai influenciar de maneira alguma a vida das pessoas e nem colocará outras pessoas em risco. Na outra, você está agredindo outro ser humano. Não tem nem como comparar.

 

Volto a dizer, a lei está errada. O segredo para funcionar não é diminuir o grau de tolerância, é garantir que quem infringir será punido. Mas é mais fácil (mais uma vez) passar a canetada do que fazer algo que realmente vá funcionar, como parar de colocar dinheiro no próprio bolso e investir na segurança pública e na educação!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já bebi e dirigi N vezes, nunca causei um acidente... mas sou a favor do agravamento das penas, desde que não fique só nisso... fiscalizar é o mais importante... o doktor falou tudo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

NUNCA soneguei imposto. Este ano paguei quase R$2mil de IR.... é fo**....

 

 

Abre uma empresa e depois de um tempo voce me fala se voce consegue dizer a mesma coisa pra mim, com nossa taxa abusiva de imposto acho que você nao iria sobreviver com um pensamento assim no mercado. Concordo com muita coisa que voce me disse, mas por favor, falso moralismo não!

:banghead

Share this post


Link to post
Share on other sites

Abre uma empresa e depois de um tempo voce me fala se voce consegue dizer a mesma coisa pra mim, com nossa taxa abusiva de imposto acho que você nao iria sobreviver com um pensamento assim no mercado. Concordo com muita coisa que voce me disse, mas por favor, falso moralismo não!

:banghead

Olha Astra, eu sou contra. Em minha opinião, sse o cara não consegue manter a empresa pagando os impostos certos, melhor sair do negócio...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha Astra, eu sou contra. Em minha opinião, sse o cara não consegue manter a empresa pagando os impostos certos, melhor sair do negócio...

 

Concordo com vc mas infelizmente ele te razao... muita gente sonega, dai competir com o cara fica dificil pois uma parte ele embolsa e outra ele abate nos preços <_<

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Realmente, não acho que deixar a lei mais rígida vai resolver o problema, a questão no Brasil sempre é a impunidade e fiscalização. Sou de são paulo e acho que faz mais de ano que não vejo uma blitz lei seca...

 

Mas a lei rígida vai garantir que os poucos que forem pegos sejam punidos exemplarmente ( assumindo que não tenham jeitinhos) Mas a função do legislativo e fazer a lei! Eles tão fazendo a parte deles, o Judiciário tem que prender e condenar!

 

 

Mas justamente ai que esta o problema dessa lei... preferem queimar alguns na fogueira (pra colocar medo nos outros) inves de fazer o que deveria, que é fiscalizar quem realmente bebeu demais e traz perigo pros outros.

E nao para por ai o negocio... nao vi o projeto certinho, mas se nao me engano ele preve pena de 8 a 12 anos pra quem produzir lesoes gravisssimas dirigindo bebado... enquanto que a pena normal pra lesao corporal dolosa que resulte lesao gravissima é de 2 a 8 anos.

Temos o seguinte efeito: individuo X bebeu 2 latinhas, dai por descuido bate no carro de alguem e este perde um braço - condenaçao: no minimo a 8 anos de cadeia; ja um individuo Y da uma machadada com a intençao de decepar o braço de outro - condenaçao: pena minima de 2 anos.

Pra mim tem alguma coisa errada ai, mas devo estar errado, vai saber pasmafaute

 

Um abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Abre uma empresa e depois de um tempo voce me fala se voce consegue dizer a mesma coisa pra mim, com nossa taxa abusiva de imposto acho que você nao iria sobreviver com um pensamento assim no mercado. Concordo com muita coisa que voce me disse, mas por favor, falso moralismo não!

:banghead

 

Tenho uns... hummm... 80k de dívidas com a Receita...

 

No começo vc até paga tudo direitinho... depois de um tempo com o rojão na mão, começa a acumular dívida.

 

Andei inclusive verificando a possibilidade de decretar falência. Me livro dos 80k, mas vou depender dos outros a vida toda, pq não vou poder ter nada no meu nome.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas justamente ai que esta o problema dessa lei... preferem queimar alguns na fogueira (pra colocar medo nos outros) inves de fazer o que deveria, que é fiscalizar quem realmente bebeu demais e traz perigo pros outros.

E nao para por ai o negocio... nao vi o projeto certinho, mas se nao me engano ele preve pena de 8 a 12 anos pra quem produzir lesoes gravisssimas dirigindo bebado... enquanto que a pena normal pra lesao corporal dolosa que resulte lesao gravissima é de 2 a 8 anos.

Temos o seguinte efeito: individuo X bebeu 2 latinhas, dai por descuido bate no carro de alguem e este perde um braço - condenaçao: no minimo a 8 anos de cadeia; ja um individuo Y da uma machadada com a intençao de decepar o braço de outro - condenaçao: pena minima de 2 anos.

Pra mim tem alguma coisa errada ai, mas devo estar errado, vai saber pasmafaute

 

Um abraço.

Eu fico tão revoltado com quem apóia a atitude punitivista por parte do Estado sem maiores discussões que não tenho palavras para explanar minha indignação.

A questão do trânsito no Brasil está ficando doentia. Como se nós, motoristas, desejássemos ACIDENTES. O próprio conceito da PALAVRA já diz ser algo inesperado e não querido. Já tentaram aplicar o instituto do dolo eventual em um verdadeiro estelionato jurídico. Agora querem colocar as penas e punições à níveis estratosféricos.

Resultado? Garanto que o fim dos acidentes não vai ser. GARANTO! Acho que antes de darmos soluções prontas temos de aprender a pensar mais na amplitude do problema.

Abração!

Edited by danilo.meneses

Share this post


Link to post
Share on other sites

Danilo, depois que um cara pegou 1 ano e meio em regime fechado por roubar 2 latas de atum e uma de óleo, enquanto o STF libera corruptores milhonários para que fujam do país, eu não duvido de nada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Independentemente de leis, como já foi bem observado anteriormente, as leis acabam nao servindo para nada, se contradizem e acabam em arapucas juridicas, o que deve valer e' a CONSCIÊNCIA de cada um...

eu nao tomo álcool e saio dirigindo por ai, isso deveria ser BÁSICO para qualquer ser humano...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só quero ver se os coxas vão levar os positivos pro IML pra fazer contraprova, já que existe margem de erro, e essa margem de erro COM CERTEZA te coloca em risco.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só quero ver se os coxas vão levar os positivos pro IML pra fazer contraprova, já que existe margem de erro, e essa margem de erro COM CERTEZA te coloca em risco.

Kleber, pelo que entendi, a contraprova eh feita no local, consistindo apenas em um novo teste após um certo tempo...ridículo né?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kleber, pelo que entendi, a contraprova eh feita no local, consistindo apenas em um novo teste após um certo tempo...ridículo né?

 

Só que essa contraprova é facilmente "derrubável" na justiça, já que o teor é 0.0000000g, e a margem de erro está em 0,032mg.

 

Detalhe para uma matéria técnica irrefutável: http://abetran.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2201&Itemid=2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem bebe e dirige não deveria ser punido.

 

Quem é irresponsável sim precisa ser punido.

 

Tomar umas geladas e dirigir devagar e de forma cautelosa não é irresponsabilidade.

 

Irresponsabilidade é beber até cair sabendo q está de carro ou ser um roda presa do ca***** qdo sóbrio e achar q é piloto qdo toma.

 

Vou parar de tomar minha géla mesmo. Espera!!!!!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem bebe e dirige não deveria ser punido.

 

Quem é irresponsável sim precisa ser punido.

 

Tomar umas geladas e dirigir devagar e de forma cautelosa não é irresponsabilidade.

 

Irresponsabilidade é beber até cair sabendo q está de carro ou ser um roda presa do ca***** qdo sóbrio e achar q é piloto qdo toma.

 

Vou parar de tomar minha géla mesmo. Espera!!!!!

:+1 :+1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Infelizmente, a questão cultural de nós brasileiros é que está nos levando aos caos. A nossa política está em descrédito (corrupções sucessivas), desorganização geral (ex: ENEM), falta de planejamento (ex: COPA do MUNDO), enfim.... em meio a isso, esse aumento dos acidentes de trânsito fez com que os políticos mudassem a lei radicalmente para mostrar que estão preocupados com a população. Só que estão fazendo de forma equivocada.

Como já havia dito, também não concordo com essa lei, da maneira que aplicam a lei e como punem.

Mas precisamos de alternativas. Poderiam ser criadas estratificações. Pessoas que tivessem histórico de envolvimento em brigas, acidentes (julgado culpado), enfim, se nas abordagens os policiais tivessem acesso a um banco de dados (já vi blitz com policiais usando iPad e olhando banco de dados) a taxa seria mais rígida. Ou ainda, o exemplo da Croácia, onde motoristas de ônibus e caminhões juntamente com jovens abaixo de 24 anos a taxa é ZERO já para outras pessoas é 0,5 mg/ml. Essa questão de "tomar só uma cervejinha" e voltar para casa é muito complicada. Já abordei isso antes. O limite varia muito de pessoa para pessoa, não existe como criar uma lei individual. Temos que pensar no benefício em geral.

Mesmo a pessoa voltando a 40km/h, cuidando, os reflexos podem estar diminuídos, o cuidado nos retrovisores, enfim. "Ah, mas comigo nunca aconteceu nada." Mas repito, não precisa acontecer duas vezes. Uma vez basta. A tolerância varia muito com a genética, peso, sexo, etnia, etc. A quantidade permitida antigamente era de 0,6 mg/ml, depois da nova lei caiu para 0,2 mg/ml e agora para 0.

Acho muito importante nos basearmos em evidências científicas e informações consistentes quando afirmamos algo. Opinião é uma coisa, dados são outra. No site da ICAP (International Center for Alcohol Policies) tem diversas informações e pesquisas.

 

Alguns dados interessantes:

 

Nível de Álcool no Sangue:

- Com 0.2 mg/ml ou menos, a capacidade do motorista prestar atenção em dois ou mais objetos já pode ser comprometida (Moskowitz, Burns, & Williams, 1985; Ogden & Moskowitz, 2004).

- O risco de acidente aumenta significativamente com nível de 0.5 mg/ml e motoristas com 0.9 mg/ml tem 11x mais chance de se envolverem em um acidente fatal comparados com motoristas que não beberam.(Bloomberg et al., 2009; Zador, 1991; Zador et al., 2000).

 

Idade:

- Motoristas jovens tem risco maior de se envolverem em acidentes quando estão alcoolizados do que pessoas mais velhas. Os motivos são diversos: inexperiência, tendência a superestimar sua capacidade, demostrações de superioridade.(Hingson & Kenkel, 2004; Hingson, Heeren, & Winter, 1999; Hingson & Zha, 2009; Marczinski & Fillmore, 2009; Peck, Gebers, Voas, & Romano, 2008; Zador, 1991).

 

Gênero:

- Na maioria dos países, homens estão mais envolvidos em acidentes envolvendo álcool do que mulheres (Burns & Fiorentino, 2000; Karoll & Memmott, 2001; Roads and Traffic Authority of New South Wales, 2000; Zador et al., 2000), mas o número de mulheres que bebem e dirigem vem aumentando (e.g., Tsai, Anderson, & Vaca, 2010).

 

Recorrência:

- Quando se trata de dirigir alcoolizado, os reincidentes com condenações anteriores estão mais propensos a se envolverem em acidentes fatais. (Beerman, Smith, & Hall, 1988; Impinen et al., 2009; Perrine, 1990; The Century Council, 2004).

 

Dados gerais:

 

"A person’s risk of being involved in a traffic crash and likely injury severity increase exponentially with the amount of alcohol consumed (Blomberg et al., 2009; Borkenstein et al., 1964; Global Road Safety Partnership [GRSP], 2007; Moskowitz, Blomberg, Burns, Fiorentino, & Peck, 2002; Moskowitz & Fiorentino, 2000; Mounce & Pendleton, 1992). There is evidence that even drivers with a blood alcohol concentration (BAC) level between 0.2 and 0.4 mg/ml are 1.4 times more likely to be involved in crashes than those who have not been drinking. Involvement in fatal crashes is much more likely for drivers with BAC levels over 0.5 mg/ml than in drivers who have not consumed alcohol (Blomberg et al., 2009; GRSP, 2007; Zador, 1991; Zador, Krawchuk, & Voas, 2000)."

 

"Há evidência que motoristas com nível de álcool no sangue entre 0.2 mg/ml e 0.4 mg/ml tem 1.4x mais chance de se envolverem em acidentes do que os que não beberam. Acidentes fatais ocorrem mais em motoristas com níveis sanguíneos de álcool acima de 0.5 mg/ml."

 

Quem quiser dar uma lida mais a fundo:

http://www.icap.org/PolicyTools/ICAPBlueBook/BlueBookModules/16BloodAlcoholConcentrationLimits/tabid/176/Default.aspx

http://www.icap.org/PolicyTools/ICAPBlueBook/BlueBookModules/15DrinkingandDriving/tabid/175/Default.aspx

 

Concluindo, acho que não podemos ignorar os problemas. Temos que criar soluções. A lei que existe atualmente não é a ideal, a maneira de como ela é aplicada não é correta e as manobras judiciais contribuem para a impunidade. Precisamos de uma estratificação de risco, de programas de reeducação dos condutores e principalmente de consciência. Quando você ver aquele seu amigo na balada TOMANDO TODAS, não deixe ele ir dirigindo para casa, para muitos você pode estar sendo (careta, babac*,...), mas pelo menos você estará fazendo a sua parte.

Enquanto esperamos muito dos outros, vamos fazer um pouco nós mesmos.

 

Abraços,

Doktor

Share this post


Link to post
Share on other sites

Da mesma forma q o bom motorista sóbrio é obrigado por lei a andar em uma estrada boa e duplicada a 100 km/h pela incompetência, burrice e irresponsabilidade dos outros motoristas. O tomador responsável não vai mais poder dirigir depois de uns gole pelos mesmos borrachos com os adjetivos supracitados.

 

É uma PUTA FALTA DE SACANAGEM isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...