Jump to content

AutoForum.com.br - Som automotivo e automóveis  - O fórum dos maníacos por som automotivo e automóveis
- Proibido conteúdo impróprio para menores em tópicos públicos: Nudez estrategicamente coberta; Roupas transparentes; Poses obscenas ou provocantes; Close-ups de seios, nádegas ou virilhas; (em cumprimento a normas do Google) Qualquer desvio, denuncie ao moderador.
- Usuários do Hotmail/Outlook/Msn - confira tutorial para receber emails do fórum;
- Qualquer problema em algum post, DENUNCIE ao moderador, utilize o link abaixo de cada post.
- Confira tutorial para enviar fotos. Tão fácil quanto um CTRL+V. (17/09/2015)
- Encontro Sound Quality em São Paulo/SP domingo (27/10/2019) *****

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 06/07/2020 in all areas

  1. 2 points
    Bem, vamos lá, venho desde 2017 quando peguei o Ka, tentando montar um set menos SPL e mais SQ, e aprendendo cada vez mais, porém errando em várias coisas, e digo que só hoje consegui chegar perto de onde realmente buscava num sistema (porém morar no interior de Goiás e não ter referência quase nenhuma, vc acaba se tornando a sua própria referência). Hoje meu set está da seguinte maneira: • DSP Dayton 408 • Mid Bass Dayton Classic 6” • Tweeter Ground Zero Uranium 25sqx • Sub Image Dynamics IDQ 12” • Helix P400 tocando o kit • Lightning Audio LA-1000MD tocando o sub • RCA Ley Line Baikal pros tweeters e Giza pros mids e sub • Speakers Tiaflex HD nos tweeters e cabo PP 100% cobre nos mids e sub Estava usando um Pioneer Z5080TV como player com o kit ativo até uns 2 meses atrás, quando decidi montar o DSP Dayton no carro e vi o potencial que poderia melhorar o set, e que o Pioneer tava se tornando o gargalo do set. O Pioneer foi embora e por enquanto uso o dongle bluetooth do DSP Dayton, e vai entrar como player um bom DAC ligado via usb (praticamente mesma coisa que o ApaLui vai fazer, que postou uns 2 comentários ai pra cima), como 90% das vezes uso o celular pelo Tidal ou Spotify, eliminei o player tradicional de vez e vou em busca de uma assinatura melhor. Hoje as portas estão tratadas com manta STP Vizomat, manta bem legal, rígida e faz bem seu papel, e os forros com 2 camadas de manta asfáltica e feltro (famoso cobertor de mendigo), o mid Dayton desce bastante (mas não com o peso e força que eu queria) mas acho que ainda tem bastante coisa pra melhorar. Depois de ver o resultado do Focus do ApaLui com as 4 camadas de manta asfáltica + manta audiophonic, o mid Legatia dele mudou completamente, e chegou num resultado que eu quero chegar bem parecido no meu. Resumindo: vou melhorar meu tratamento nas portas também kkkkkkkkkkkk (e também farei um tratamento no teto, que é muito mole tipo teto de Uno e perde muito rendimento do sub). O “defeito” do mid Dayton Classic é não subir tanto, o cone break dele começa entorno de 3kHz e ali ele já começa a embolar um pouco, então dependendo do tweeter que for usar, se não descer muito, pode não ter um acoplamento 100%. Mas fora isso, tem uma assinatura que eu gostei muito, pra um mid que custa 18 dólares la fora pra mim foi um excelente custo-beneficio, desce bastante, parte de médios e médio-grave é bem presente, e provavelmente só não tem mais força em baixas por conta da falta de um tratamento mais pesado na porta. O sub hoje ta em uma selada de 27L feita no estepe, virado pra cima, e depois de ter testado vários subs, o IDQ foi o que mais me agradou, além de muito musical ele é forte, desce bem, e consegue integrar muito bem com os mids por não ser tão gordo e pesado (o que tive bastante dificuldade com o RE Sex 10” que usava antes, como o MRC citou em uma mensagem anterior, o sub não sobe tanto e por ter o grave mais pesado não consegue integrar tão bem com os mids). Os tweeters estão nas colunas feitas On-Axis e eu acho eles sensacional, acho que só trocaria pelos Morel MT23, tem muito detalhamento, palco numa largura e profundidade boa, e cravado bem no centro, dá gosto de ouvir!! (Com o processamento pelo Pioneer eu não tinha toda essa precisão tonal e o palco tão definido, e depois de ter montado o DSP Dayton o set mudou da água pro vinho). Em breve com o tratamento das portas melhorado, e o DAC já funcionando via usb, farei o ajuste fino do sistema junto com o ApaLui (que manja muito, me ensina bastante coisa e o carro dele é uma baita referência de sistema hoje em dia pra mim), acho que poderei dizer finalmente que não mexerei mais, e cheguei onde realmente queria chegar e estar 100% satisfeito com o set inteiro. Edit: não sei por que, mas algumas fotos ficaram de lado e fora de ordem, postei pelo celular mas acho que não tem como mudar, o importante é que da pra entender kkk
  2. 1 point
    Então lá vamos nos, muito tempo que não posto aqui mas curti a ideia do tópico e incentiva quem tá começando agora a montar seus equipamentos e ir evoluindo. Meu sistema está passando por uma evolução ainda, mas hj ele se compõe pelo seguinte: • DSP Dayton 408 • Mid bass Hybrid Legatia L6SE • Tw Ground Zero 25SQX • Sub Questo Qs250 12" • Amp Audison VRX 6.420 Chrome Shadow • Cabos RCA Leyline Giza • Todo cabeamento Speaker Tiaflex HD 3mm Carro é um Ford Focus Sedan, como disse o sistema ainda está em evolução, e muitos podem estar se perguntando que player eu uso, então. Meu player no momento é o próprio processador, que ele possui um opcional que é um Dongle Bluetooth e envio o áudio direto pra ele e ele faz todo o resto. Usava antes um bom receptor bluetooth 5.0 conectado via entrada RCA no dsp. Nunca gostei da ideia de ter que usar CD ou Pendrive no carro, como tudo que faço é pelo celular e 95% do tempo só uso serviços de Stream (Tidal) então é bem prático e com várias tecnologias recentes de codecs de alta qualidade pra bluetooth, ele já é bem próximo mesmo de um sistema via cabo. Daqui poucos meses está chegando pra mim um DAC de alto nível que vai funcionar como meu player no carro, todo o sinal sendo enviado pelo celular pra ele via USB e dele via RCA até o dsp. Como passei por uma atualização de tw e melhora do tratamento acústico, ainda não fiz ajusto fino no sistema novamente. Mas só com TA, Cross e toda estrutura de ganho pronta, mais nada. Já está tocando absurdamente, esse mid Legatia é um mini sub nas portas msm, sou fã dessa pegada forte dos mids e com bastante detalhamento, enfim o amp e o tratamento bem robusto que fiz ajudam muito nesse caso aqui tbm. No caso tenho 4 camadas de manta em cada chapa da porta e da folha da porta atrás do falantes além de mantas pra enrijecer tenho uma camada na porta toda de manta audiophonic e ainda fiz tratamento dos forros com uma camada de manta, Espuma D40 e aqui conhecido como "cobertor de mendigo" as portas estão bem lacradas agora. E a mala com 4 camadas de manta nela toda, em todas as chapas. O som hj tem muito detalhamento e nitidez, bem gostoso, se deixar fico horas ouvindo rs.

AutoForum.com.br

O fórum para os maniacos por som automotivo e automóveis

×
×
  • Create New...