Ir para conteúdo






Este tópico foi arquivado. Isto significa que você não pode mais responder ao tópico.

Contra indicado: Pneus da Goodyear NCT5 Garantia pífia -

14 respostas neste tópico

#1
dj_vini

dj_vini

    veterano

  • Membro
  • Posts: 3652
  • Cadastrado: 20/01/2004
Pessoal, olhem só meu embate com a Goodyear, marca de pneus que não indico a ninguém, face ao péssimo atendimento na pós-venda e na efetivação da garantia.

Nunca mais compro pneus da Goodyear, pelo que tenho pesquisado, parece que a Michelin é a melhor de todas em termos de garantia, liguei lá, contei meu caso e me disseram que trocam na hora, já qto à Firestone, Pirelli etc eu não conheço a garantia.

Vamos lá:

Link da Reclamação:

http://www.reclameaq...ia-de-garantia/


"PNEUS NOVOS DA GOODYEAR COM DEFEITO - INEXISTÊNCIA DE GARANTIA EFICIENTE

Adquiri 4 pneus novos modelo NCT-5 da GOODYEAR na CURINGA DOS PNEUS LTDA. em Goiânia no dia 11.07.2008 e foi feito o alinhamento e balanceamento das 4 rodas, bem como o desempeno de 3 rodas e troca dos dois pivôs dianteiros.

Contudo, no outro dia após pegar a estrada verifiquei a falta de balanceamento dos pneus e já fui em 3 lojas diferentes mais na Concessionária Volkswagem em Palmas, Tocantins para verificar aonde seria o problema, acabei trocando os discos de freio, as pastilhas, flexível, fluído de freio, junta homocinética do lado direito, o anel centralizador das 4 rodas para tentar excluir qualquer defeito na suspensão do carro, o que foi confirmado por todos que analisaram o meu carro e concluíram que o problema está no pneu.

Diriji-me à loja da CURINGA DOS PNEUS em Palmas, Tocantins, onde moro e acionei a garantia no dia 29.09.2008, na CURINGA de Palmas fizemos alinhamento e balanceamento e o problema persistiu, sendo que o técnico César da própria GOODYEAR em Palmas verificou os pneus de forma superficial, ou seja, somente olhando e disse que visualmente o pneu não possui defeitos, e, que para verificar de forma empírica os mesmos deveriam ser enviados à Fábrica e eu deveria esperar até 45 dias e ficar sem pneu.

Acontece, que como que vou ficar sem os 4 pneus do meu carro durante 45 dias? Vou comprar outros 4, gastar 1200,00 reais? Sendo que em outras lojas eles trocam na hora o pneu. Isso é um absurdo, pois, a GOODYEAR e a CURINGA, que são solidários nesse vício oculto, devem dar mais atenção aos seus clientes!
Vale ressaltar, que quero exercer o meu direito imposto no §3º do artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor, pois eu e minha família não vamos nos sujeitar a correr risco de vida e o pneu a cada dia ficar pior por pura omissão do fornecedor e do fabricante:

“ § 3º - O consumidor poderá fazer uso imediato das alternativas do § 1º deste artigo sempre que, em razão da extensão do vício, a substituição das partes viciadas puder comprometer a qualidade ou características do produto, diminuir-lhe o valor ou se tratar de produto essencial. “

Sendo assim, solicito imediatamente uma solução para o meu problema com a CURINGA do Pneus e GOODYEAR, principalmente esta.

Obrigado.

Vinicius"

----------------------------------------------------------------------

RESPOSTA DA GOODYEAR:

"Ao portal Reclame Aqui,

Novamente gostaríamos de agradecer pela oportunidade de nos permitir esclarecer as dúvidas e reclamações postadas nesse site.

Faremos um breve relato do que conseguimos apurar deste caso, visto que não possuímos aqui no SAC qualquer registro do Sr. Vinícius.

Constatamos junto ao nosso revendedor oficial Curinga dos Pneus na cidade de Palmas / TO que os pneus do consumidor - Eagle NCT5 185/60R14, instalados num VW Gol G3 ano 2004, foram analisados e testados pelo analista de garantia credenciado e também pelo nosso assessor de negócios. Em ambas as análises não constatou-se qualquer vício de produção. Tais análises foram devidamente registradas pelos documentos de nº 986134, 986135, 986136 e 986137 no dia 29/09/08 pelo técnico e no dia 23/10 pelo assessor de negócios.

Na ocasião em que o Sr. Vinícius esteve na Curinga, o técnico mencionado percebeu que a junta homocinética trocada não era a indicada para o veículo e tal informação foi confirmada também pela concessionária.

Mantivemos contato nesta data, após o recebimento do e-mail do portal Reclame Aqui, com o consumidor para ouvi-lo.
Explicamos que a sugestão de envio de um pneu para a fábrica justifica-se pelo fato de no exame visual e no teste feito não constatar-se qualquer vício. O nosso laboratório possui equipamentos que possibilitam a análise dos componentes internos do pneu. Explicamos também que nossa política de garantia está em conformidade com o Código de Defesa do Consumidor e a referida carta legal não prevê empréstimo ou cessão de pneus nesse período (não enquanto não houver a constatação e a certeza do vício), mas prevê a inversão do ônus da prova, legitimando a análise da fábrica.
Ressaltamos também que o prazo máximo para essa análise é de 30 dias e não 45 dias, conforme mencionado.
Não haveria também a necessidade de se enviar todos os pneus à fábrica, apenas um já seria suficiente.

O Sr. Vinícius não aceitou a nossa oferta e, portanto, neste momento, não temos como ajudá-lo. Porém estamos à disposição caso ele mude de idéia.

Atenciosamente,

Renata Maria Badin
Serviço de Atendimento ao Consumidor"

-----------------------------------
RÉPLICA MINHA:

"Prefacialmente, vamos analisar aqui os inúmeros erros cometidos pela Goodyear, senão vejamos:

1º - O meu veículo foi fabricado em 2001 e não em 2004 como a mesma afirma.

2º - Disseram-me na Revendedora Curinga dos Pneus, que a pessoa chamada César era um técnico da Goodyear especialista no assunto e não um ?assessor de negócios?, como foi informado aqui.

É importante destacar a grande diferença entre assessor e técnico, sendo que esta última palavra, segundo o dicionário Aurélio da Língua Portuguesa,3ª. edição, 1ª. impressão da Editora Positivo, é um:
"Indivíduo que aplica determinada técnica (1): especialista, perito, experto: Indivíduo que aplica determinada técnica (1): especialista, perito, experto:"

Enquanto que assessor é "Adjunto, auxiliar, assistente, ajudante."

Portanto, um assessor de negócios é tão somente um auxiliar, ou ajudante de negócios segundo o Dicionário Aurélio e não um profissional treinado da fábrica, devidamente habilitado e qualificado com todos os rigores técnicos que um funcionário possui para receber a denominação de ?técnico?.

3º Se o ?assessor de negócios? não constatou nenhum vício de produção, extrai-se que tal conclusão pode ser desconsiderada, pois ausente de rigor técnico e extremamente superficial, pois foi emitida por um funcionário leigo, haja vista, que, conforme constatado por mim, o mesmo somente ?olhou? os pneus, se abstendo de toca-los e analisá-los de forma mais rigorosa.

4º A Goodyear se equivoca mais uma vez que os documentos da Garantia foram assinados, contudo, os mesmos sequer foram entregados a mim ou ao menos foram enviados à minha residência.

5º A Goodyear falha mais uma vez em suas afirmações, pois, no tocante à junta homocinética, a que eu tinha colocado no mesmo dia era sim a indicada para o veículo, sendo que a Concessionária Volkswagen não emitiu nenhum laudo, somente relatou que a mesma era a correta para o veículo, sendo que, após retornar ao local onde adquiri a mesma, foi constatado, após a retirada, que a mesma estava com um pequeno defeito de fabricação e foi imediatamente substituída e trocada por outra IGUAL.

6º A Goodyear relatou que: "Explicamos que a sugestão de envio de um pneu para a fábrica justifica-se pelo fato de no exame visual e no teste feito não constatar-se qualquer vício.", entretanto, só foi realizado um exame visual, ou seja, em nenhum momento foi feito algum teste para verificar ou provar a fim de determinar a verificação a qualidade, a natureza ou o comportamento dos pneus.

7º Relativamente ao envio de somente 1 pneu à fábrica, e, se o mesmo for o único que não tiver defeito?


8º Quanto ao CDC estou ciente que o mesmo não prevê nenhum empréstimo ou cessão de pneus, devemos consignar, que o mesmo prevê que:

?Art. 12 - O fabricante, o produtor, o construtor, nacional ou estrangeiro, e o importador respondem, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos decorrentes de projeto, fabricação, construção, montagem, fórmulas, manipulação, apresentação ou acondicionamento de seus produtos, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua utilização e riscos.
§ 1º - O produto é defeituoso quando não oferece a segurança que dele legitimamente se espera, levando-se em consideração as circunstâncias relevantes, entre as quais:
I - sua apresentação;
II - o uso e os riscos que razoavelmente dele se esperam;
III - a época em que foi colocado em circulação. ?
...
"§ 3º - O fabricante, o construtor, o produtor ou importador só não será responsabilizado quando provar:
II - que embora haja colocado o produto no mercado, o defeito inexiste; "

?Art. 25 - É vedada a estipulação contratual de cláusula que impossibilite, exonere ou atenue a obrigação de indenizar prevista nesta e nas Seções anteriores.
§ 1º - Havendo mais de um responsável pela causação do dano, todos responderão solidariamente pela reparação prevista nesta e nas Seções anteriores. "

"Art. 18....
§ 1º - Não sendo o vício sanado no prazo máximo de 30 (trinta) dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:
I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso; "
II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;
.....
§ 6º - São impróprios ao uso e consumo:
III - os produtos que, por qualquer motivo, se revelem inadequados ao fim a que se destinam."


9º - Conforme termo de Garantia disponibilizado no sítio da Goodyear (http://www.goodyear....osgarantia.html), os defeitos são verificados ou por técnicos da Goodyear OU por técnicos credenciados de sua rede de revendedores oficiais, e não por assessores de negócios, o qual em nenhum momento apresentou nenhuma identificação ou Certificado que o habilite como técnicos, senão vejamos:

"Goodyear do Brasil garante seus pneus por um período de 5 anos, contra defeitos de fabricação, devidamente constatados por técnicos da Goodyear, ou por técnicos credenciados de sua rede de revendedores oficiais."

Obs: É também importante destacar que o assessor de negócios da Goodyear, o Sr. César é extremamente prepotente no trato com os consumidores da Goodyear, não possuindo nenhuma capacitação para lidar com consumidores, já que pensa possui extrema convicção do que faz ao lançar ironias sobre o consumidor aqui indignado.

Obs2: Como consumidor, irei de todas as formas tentar abrir um precedente e irei abrir discussões em todos os fóruns automotivos na internet, além, de que, enviarem cartas às revistas especializadas em automóveis, tudo relativamente quanto às garantias de pneus, a fim de evitar que os consumidores comprem 4 pneus novos para que possam enviar seus pneus para verificarem o defeito, que, caso não constatado de forma unilateral pela fabricante, venha a ficar com 8 PNEUS!!!! Isso é um absurdo!!

Att,

Vinicius
(Consumidor indignado com a Goodyear e Curinga dos Pneus.)"

http://www.reclameaq...ia-de-garantia/

Editado por dj_vini, 07 novembro 2008 - 12:28 .


#2
kreuzebeck

kreuzebeck

    яσdяιgσ

  • Membro
  • Posts: 864
  • Cadastrado: 06/08/2007
Caraca brother, não deixa quieto mesmo não, lute por seus direitos até o fim.
Boa sorte aí na briga e valeu pelo alerta!











Ps. BSColway Roxxxxxxxxxxxxxxxxx (só para descontrair)


#3
Kleberlpa

Kleberlpa

    Quenga réia sem dignidade

  • Membro
  • Posts: 36043
  • Cadastrado: 28/02/2004
Vinícius, te recomendo mandar "balancear" os pneus em outra oficina. Se um deles estiver com problemas, a máquina vai indicar logo de cara. Pegue este, peça para o pessoal da oficina fazer um laudo, e meta eles na justiça, pedindo danos morais.


#4
XKirk

XKirk

    membro

  • Membro
  • Posts: 281
  • Cadastrado: 08/04/2008
Na boa?

"DETONÔ"

Chega a lenha nesse povo sem dó!


#5
Lefort

Lefort

    membro master

  • Membro
  • Posts: 928
  • Cadastrado: 28/02/2007
Já usei uma vez a garantia goodyear aqui em sp e fiquei surpreso e 100% satisfeito com o atendimento e solução do meu caso.


E o meu caso, envolveu muito mais coisa além dos pneus.


Espero que vc tenha a mesma sorte que eu no desenrrolar dessta questão.


Lefort


#6
dj_vini

dj_vini

    veterano

  • Membro
  • Posts: 3652
  • Cadastrado: 20/01/2004
Obrigado pelos comentários e gostaria que quem já teve experiência com garantia com pneus que relate aqui por favor.

É importante frisar que eu não vou comprar 4 pneus novos para que os meus sejam mandados para a fábrica e caso digam que não é defeito, que eu tenha depois ficar com 8 pneus, ainda mais com 8 pneus da Goodyear...., mas é nunca!

Valew.


#7
Dan

Dan

    veterano

  • Membro
  • Posts: 6919
  • Cadastrado: 09/09/2003
po o meu pós venda com a Goodyear fui muito bem atendido e não posso reclamar de nada!


mas vai saber né


boa sorte ae


#8
Lefort

Lefort

    membro master

  • Membro
  • Posts: 928
  • Cadastrado: 28/02/2007
Bom no meu caso foi o seguinte: o pneu traseiro estorou sem motivo aparente ( e jamais descobrirei porque foi ).


E esse fato aconteceu quando eu estava na estrada (Dutra) a +- 90kmh ou proximo disto, o carro era um ford ka, então da pra ter uma ideia do susto e da sorte que tive.


Resultado: destruiu os apliques traserio, amortecedor e a pintura area.

Depois de uma orientação de um logista, encaminhei o que sobrou do pneus para uma revenda autorizada e pedi analise do produto e um pneu para uso durante o periodo da analise.

Resultado da analise: Não me informaram.

+- Uns 7 dias depois, me ligaram pedindo pra fazer 3 orçamento referentes aos danos causados, pois seria feio o reembolso e subistitição dos pneus que tivesem o mesmo numero de serie daquele danificado.


Resultado final: foi trocado so mais um pneu (formando o par) da mesma serie pois os outros eram de outra serie e seria feito um reembolso em conta no valor de +- R$600,00 e isso tudo documentado.


Mais isso tudo tinha um porem; eu não poderia ter feito b.o. e teria que assinar um acordo de não processa-los futuramente, por causa desse epsodio.

E qual foi minha resposta? negocio fechado e 100% satisfeito.


#9
Mojo

Mojo

    membro

  • Membro
  • Posts: 168
  • Cadastrado: 03/08/2006
Rapaz, eu não aceitava de jeito nenhum.


#10
Marcelook

Marcelook

    Membro de Ponta Grossa.

  • Membro
  • Posts: 5919
  • Cadastrado: 19/05/2004

Visualizar PostLefort, em 7/11/2008 - 14:37, disse:

Bom no meu caso foi o seguinte: o pneu traseiro estorou sem motivo aparente ( e jamais descobrirei porque foi ).


E esse fato aconteceu quando eu estava na estrada (Dutra) a +- 90kmh ou proximo disto, o carro era um ford ka, então da pra ter uma ideia do susto e da sorte que tive.


Resultado: destruiu os apliques traserio, amortecedor e a pintura area.

Depois de uma orientação de um logista, encaminhei o que sobrou do pneus para uma revenda autorizada e pedi analise do produto e um pneu para uso durante o periodo da analise.

Resultado da analise: Não me informaram.

+- Uns 7 dias depois, me ligaram pedindo pra fazer 3 orçamento referentes aos danos causados, pois seria feio o reembolso e subistitição dos pneus que tivesem o mesmo numero de serie daquele danificado.


Resultado final: foi trocado so mais um pneu (formando o par) da mesma serie pois os outros eram de outra serie e seria feito um reembolso em conta no valor de +- R$600,00 e isso tudo documentado.


Mais isso tudo tinha um porem; eu não poderia ter feito b.o. e teria que assinar um acordo de não processa-los futuramente, por causa desse epsodio.

E qual foi minha resposta? negocio fechado e 100% satisfeito.




Desculpe ser chato, mas fazendo um acordo destes vc pénsou só em vc, e se são milhares de pneus com o mesmo problema? E se pessoas já morreram por isso?  (lembram do caso das Explorer nos USA?) Acho que vc deveria ter pego a grana e depois BOTADO A BOCA NO TRAMBONE, com direito a imprensa e tudo...


#11
Kleberlpa

Kleberlpa

    Quenga réia sem dignidade

  • Membro
  • Posts: 36043
  • Cadastrado: 28/02/2004

Visualizar PostMarcelook, em 7/11/2008 - 18:04, disse:

Desculpe ser chato, mas fazendo um acordo destes vc pénsou só em vc, e se são milhares de pneus com o mesmo problema? E se pessoas já morreram por isso?  (lembram do caso das Explorer nos USA?) Acho que vc deveria ter pego a grana e depois BOTADO A BOCA NO TRAMBONE, com direito a imprensa e tudo...

Sabe qual a diferença? Ele tomaria um processo por absolutamente nada.

Hoje alguém lê que pneu tal explodiu... daqui a 5 minutos, ele nem lembra. E se lembrar e estiver na promoção, vai comprar do mesmo jeito.

Se fosse eu, também teria resolvido o meu problema e ponto. Não ia me complicar não.


#12
Daniel Ricas

Daniel Ricas

    membro

  • Membro
  • Posts: 267
  • Cadastrado: 12/07/2007
Vinicius, eu trabalho em uma revendedora oficial da goodyear aqui no Espirito Santo.

Esse problema que você esta tendo pode ser resolvido se você for em alguma outra oficina e pedir para conferir o alinhamento e balanceamento do seu carro, apos feito isso peça um laudo do que foi feito.
Isso pode estar se dando pelo mau aferimento dos equipamentos da coringa, ou por falta de um profissional capacitado.

Mais para verificar a fundo faça isso:

Sei que é complicado mais se tiver como, consiga um outro jogo de rodas e de apenas uma volta no carro pra ver se vai sentir diferença...

Apos você ter trocado a junta homocinetica você chegou a fazer o alinhamento do seu carro?

Faça contato com o 0800 deles e volte a explicar a situação, va na oficina que você trocou a junta homocinetica e peça um laudo falando que a peça é a original do seu veiculo e apos feito isso va novamente na coringa e peça para eles te darem um laudo do alinhamento.

Tire copias destes laudos e encaminhe a goodyear, para eles analisarem.

Feito isso se com 7 dias não tiver resposta, passe a sua reclamação para o procon, e apos feito isso, bota um processo neles e na coringa

Para entrar com o processo, procure 3 oficinas e peça para eles analisarem a suspensão/pneus do seu carro, apos feito isso anexe no processo e manda ver.

Se quiser falar diretamente com um tecnico da goodyear eu pego o telefone do aqui do ES e passo pra você.

Abraços e boa sorte.


#13
Marcelook

Marcelook

    Membro de Ponta Grossa.

  • Membro
  • Posts: 5919
  • Cadastrado: 19/05/2004

Visualizar PostKleberlpa, em 7/11/2008 - 19:41, disse:

Sabe qual a diferença? Ele tomaria um processo por absolutamente nada.

Hoje alguém lê que pneu tal explodiu... daqui a 5 minutos, ele nem lembra. E se lembrar e estiver na promoção, vai comprar do mesmo jeito.

Se fosse eu, também teria resolvido o meu problema e ponto. Não ia me complicar não.



Vc ficou assim depois do lance dos amplificadores? Pq seu discurso aqui não "bate" com o que eu conhecia de vc.....


#14
pedrazul

pedrazul

    membro master

  • Membro
  • Posts: 950
  • Cadastrado: 07/06/2008
É dureza, verdadeira afronta aos nossos direitos..


#15
Lefort

Lefort

    membro master

  • Membro
  • Posts: 928
  • Cadastrado: 28/02/2007

Visualizar PostMarcelook, em 7/11/2008 - 19:04, disse:

Desculpe ser chato, mas fazendo um acordo destes vc pénsou só em vc, e se são milhares de pneus com o mesmo problema? E se pessoas já morreram por isso?  (lembram do caso das Explorer nos USA?) Acho que vc deveria ter pego a grana e depois BOTADO A BOCA NO TRAMBONE, com direito a imprensa e tudo...


Dentro do seu ponto de vista vc tem razão. ( Lembro sim, mas quem foram indenizados? as vitimas e familiares, certo! eles deixaram de fabricar pneus e outros produto? não! Quantas outras pessoas usam esses produtos hoje? Milhares, então bola pra frente.


Mas devidos a varias coisa que aconteceram naquele dia, não haveria dinheiro no mundo que pudesse reparar se tive-se acontecido algo trágico, como graças a Deus não aconteceu deixa pra lá.


Pois imagina na velocidade que eu estava o pneus estorou numa curva o carro não virou porque alguem segurou, quem?

Minha esposa grávida de 3 a 4 meses, pensei eu, que sorte vou tocar as coisa como eu tinha programado pois não tinha de acontecer nada com minha familia.

Pra vc ver como não esquentei com o pneu, quando fui comprar outro eu comentei com o vendedor, ele que me orientou a procurar a garantia, se não eu tinha comprado outro( provavelmente da mesma marca)  e ponto final.