Ir para conteúdo






Este tópico foi arquivado. Isto significa que você não pode mais responder ao tópico.

[Resolvido] Dúvida rápida – Óleo de cambio automático

7 respostas neste tópico

#1
Eric INFK

Eric INFK

    veterano

  • Admin
  • Posts: 11652
  • Cadastrado: 08/09/2003
Tenho uma dúvida rápida com meu carro, apelidado já pelo Pardal de “Passar iraquiano” por ser 4 portas..;...eheheh

Não estou com o manual em mãos agora, alguém sabe as specs do óleo de cambio automático TIP do Passat 1.8T ano 2000 ? E quantos litros vão? E por onde mede o nivel ? HUAHUAHU...juro q procurei esse ultimo


#2
Ravelli

Ravelli

    VHC PRIDE

  • Membro
  • Posts: 2913
  • Cadastrado: 10/09/2003
Liga pro Drifter e pregunta pro Luiz!!


#3
Eric INFK

Eric INFK

    veterano

  • Admin
  • Posts: 11652
  • Cadastrado: 08/09/2003
acho q vou levar la amanha pra fazer a troca de oleo. bem lembrando.....a oficina fica do lado da antiga km né ?


#4
Ravelli

Ravelli

    VHC PRIDE

  • Membro
  • Posts: 2913
  • Cadastrado: 10/09/2003

Visualizar PostEric INFK, em 23/10/2008 - 10:28, disse:

acho q vou levar la amanha pra fazer a troca de oleo. bem lembrando.....a oficina fica do lado da antiga km né ?
Sim Sr!!


#5
Eric INFK

Eric INFK

    veterano

  • Admin
  • Posts: 11652
  • Cadastrado: 08/09/2003
só pra não passar em branco ....fica um artigo q achei agora e serviu pra muita coisa

QUAL TIPO DE FLUIDO DEVE SER USADO?

A transmissão Automática utiliza um tipo especial de óleo, chamado Fluido para Transmissão Automática, ou ATF. Este fluido tem inúmeras funções na transmissão, incluindo a lubrificação, arrefecimento e aplicação das embreagens.

O ATF proporciona ainda a conexão entre o motor e a transmissão, através de um acoplamento hidráulico chamado de conversor de torque. E, quando comprimido entre as embreagens, o ATF age como uma “cola”, proporcionando uma fricção adicional e mantém a capacidade de acionamento do veículo.

Assim, o ATF é um fluido muito versátil. Esta é a razão pela qual a conservação deste fluido pode ser muito crítica para a vida da transmissão.

Há alguns anos atrás existiam somente dois tipos de fluidos no mercado: o Tipo A e o Tipo F. Convencionalmente se dizia que o Tipo F era para as transmissões Ford e o Tipo A para as demais transmissões.

Nos dias de hoje, são quatro os principais tipos de fluidos existentes no mercado. E existem dezenas de marcas e estilos para se escolher.

Então, como saber qual o fluido adequado para a sua transmissão? O modo mais fácil de saber o tipo correto de fluido é verificando o manual do proprietário. Ele irá dizer exatamente qual o tipo de ATF recomendado pelo fabricante do veículo. Você também poderá encontrar uma recomendação na vareta medidora do cárter. Qualquer um dos recursos citados é razoável para determinar qual o tipo correto de fluido para a sua transmissão.

Tipos de Fluidos

Abaixo está uma lista dos diferentes tipos de fluidos e as diferenças básicas existentes entre eles:

Tipo F – Este fluido foi destinado aos Fords que utilizavam embreagens de bronze; a última transmissão produzida com embreagem de bronze foi a Cruizematic nos anos 70. Em não se tratando de carros antigos ou clássicos, pode ter certeza absoluta de que os veículos modernos não utilizam o fluido Tipo F.

Dexron III/Mercon – Este é um dos fluidos mais comuns do mercado. A maioria das unidades da GM e Ford utiliza este tipo de ATF, assim como muitos importados. Se o manual do proprietário recomenda qualquer um dos Dexron ou Mercon – menos o Mercon V – este é o fluido que você necessita.

Fluidos Estilo HFM – Este fluido é indicado para Modificar Altamente a Fricção; é um fluido que proporciona diferentes características de fricção do que o Dexron III/Mercon. Este fluido é apresentado sob diferentes nomes, incluindo ATF+ Chrysler – também chamado 7670. Outras montadoras que também utilizam o ATF HFM:
• Honda / Acura
• Jeep / Eagle
• Hyundai
• Toyota / Lexus
• Saturn
• Sterling

Estes fluidos são intercambiáveis? Eles deveriam ser .... pela lógica eles são. Mas seja sensato e utilize sempre o fluido especificado pela montadora do veículo.

Fluidos Sintéticos – Um grande número de fabricantes tem deixado de utilizar os fluidos de base orgânica, em favor dos fluidos sintéticos. Testes preliminares mostraram que a maioria dos sintéticos tem características de modificação de fricção, similares ao Dexron III/Mercon, mas com resistência melhorada ao calor, oxidação e cisalhamento. Em termos simples, os sintéticos duram mais.

Os óleos sintéticos são uma das razões pelas quais alguns fabricantes estão começando a eliminar a vareta medidora das transmissões. Eles perceberam que o ATF deve durar mais tempo, e assim não há razão para as pessoas interferirem na transmissão e seu funcionamento. Será que eles funcionam? Será que os sintéticos farão as transmissões funcionarem por mais tempo, sem a intervenção humana? Isto somente o tempo poderá dizer.

CUIDADO: O fluido sintético Mercon V da marca Ford, pode causar uma pequena confusão. Se o manual diz Mercon V, ele quer dizer que o fluido é sintético; se o nome for Mercon sem o “V”, significa o regular ATF Dexron III/ Mercon.

Aditivos para Alterar as Características de Fricção

Do mesmo modo que existem diferentes tipos de ATF no mercado, existem também algumas empresas químicas que vêm com uma idéia para diminuir os custos tanto para o reparador quanto para o proprietário. Eles desenvolveram aditivos que misturados ao Dexron III/Mercon padrão, alteram as características de fricção para combinar com outros tipos de fluidos.

Um dos aditivos mais comuns é o HFM. Quando misturado ao Dexron III/Mercon, ele altera as características de fricção o bastante para permitir que seja utilizado em qualquer transmissão que requeira fluidos HFM.

Se a transmissão foi reparada e o fluido foi substituído, a oficina pode ter utilizado algum aditivo HFM juntamente com o Dexron III/Mercon, na transmissão. Neste caso não há problema, pois estes aditivos são exatamente para alterar as características de fricção dos fluidos.

Contudo, se a transmissão ainda estiver dentro da garantia, utilize somente o ATF recomendado pelo fabricante. Outros aditivos ou fluidos podem afetar a garantia.

Fonte: Brasilautomatico.com.br


#6
M a n s u r

M a n s u r

    veterano

  • Membro
  • Posts: 7011
  • Cadastrado: 20/06/2004
mto bom
se nao é mto perguntar
quanto saiu a troca?

sempre ouvi falar que é bem alto esse valor

abraco


#7
Doido

Doido

    Manco!

  • Membro
  • Posts: 440
  • Cadastrado: 15/02/2004
Eu sei que são 9 litros, não me lembro a marca. Mas custa uns R$120 na média o litro...


#8
Eric INFK

Eric INFK

    veterano

  • Admin
  • Posts: 11652
  • Cadastrado: 08/09/2003

Visualizar PostDoido, em 4/12/2008 - 15:06, disse:

Eu sei que são 9 litros, não me lembro a marca. Mas custa uns R$120 na média o litro...

Não fora 9 litros.............foi 6,5 aproximadamente
Paguei R$ 105,00 o litro....carooooooooo mesmo...pqp







Publicidade:
Nova linha de subwoofers NAR